Pra não dizer que não falei de crônicas

Dias cinzas, por Márcia Lage

Infeliz eu vinha, por tempo mais demorado que o tolerável. Possíveis causas? 1) A pandemia; 2) A desgovernança (federal, estadual e municipal); 3) Pessoas esquisitas, cada vez mais arredias, amedrontadas e acabrunhadas; 4) Sentimentos imperscrutáveis, antigos e profundos, que só um psiquiatra escafandrista conseguiria pescar ou… 5) Uma poeirinha de chuva, enjoada e constante, que deixava os dias com cara ...

Leia mais »

Lições da pandemia, por Fernando Ângelo

Depois de sete meses, as lições que a pandemia nos deixa são, a meu ver, nenhuma. A menos que você não soubesse que a família é muito importante, que agir pensando no coletivo seja essencial, que manter hábitos de higiene preserva a saúde e que a solidariedade é o único caminho para um mundo melhor. A dificuldade nos mostrou a ...

Leia mais »

Ah, como almejo o poder!, por Déa Januzzi

Nunca dei muita importância ao poder, mas outro dia descobri o quanto ele é importante. Como faz bem ter poder. O poder de estar sempre rodeada de amigos, mesmo que neste momento mais virtuais do que presenciais. O poder de deitar sem culpas que remoem o sono e causam pesadelos. O poder de ser mulher sem carregar uma cruz. De ...

Leia mais »

Um dia de foca, por Dalila Abelha

A pauta era cobrir uma excursão da terceira idade em Sabará, promovida pelo Sesc. Eu era revisora, lutando desesperadamente para ascender à função repórter. Aquela viria a ser minha primeira experiência, o teste. Deveria estar na estação ferroviária antes das 7h. Confesso, nem dormi, tal o medo de perder a hora. A Globo também pautara a excursão, mas apenas a ...

Leia mais »

Aquela foi por pouco, por Cláudio Arreguy

Nestes tempos em que as fake news viraram moda, substituíram o termo mentiras e até se transformaram em política de estado, desfiadas inclusive em pronunciamento na ONU, vem-me à memória o dia, lá se vão 43 anos, em que por pouco não pespeguei um exemplar de informação falsa. Fui salvo do vexame por um chefe compreensivo e bem-humorado. Era então ...

Leia mais »

Perdemos, por Mirtes Helena Scalioni

Quando a Secretaria da Cultura – que nem ministério é – dá sinais de que a censura pode voltar; quando os radares das estradas são desligados incentivando a morte; quando o STF acata a decisão de um júri popular de uma pequena cidade, dando liberdade a um homem que esfaqueou sua mulher por ciúmes, sob a justificativa de uma anacrônica ...

Leia mais »

Papo de mineiro, por Carlos Herculano Lopes

Quando o ônibus parou naquela lanchonete perto de Curvelo, depois de ter saído bem de manhãzinha de Matias Cardoso, ou talvez de Capitão Enéas, fazia um calorão daqueles, do qual todos os passageiros estavam reclamando. Nem sinal de nuvem no céu. Nas vastas terras do norte mineiro, de onde vinham, imperava a seca, com plantações e gado morrendo. Conseguir uma ...

Leia mais »

Nunca mais!, por Arnaldo Viana

Sexta-feira qualquer. Tarde suave naqueles tempos verde-oliva, entre os anos 1960/70. Ele caminha rente ao Parque Municipal, na Afonso Pena. Sorri e murmura: “E os trogloditas querem cercar esta maravilha!”. Atravessa a Bahia e para entre os edifícios Sulacap e Sul América. Mãos nos bolsos das calças cor de areia, olha o viaduto Santa Tereza pelo vão dos dois prédios. ...

Leia mais »

Amor platônico, por Fernando Ângelo

Quando eu nasci, ela já havia completado 7 anos de vida. Ao comemorar meus 7 anos, ela mocinha, era o centro das atenções. Cheia de novidades, um visual diferente de tudo que existia. Foi quando a vi pela primeira vez na casa do vizinho da frente. Todos os dias, indo e voltando da escola, eu fazia aquele trajeto, ansioso para ...

Leia mais »

O ressuscitado, por Dalila Abelha

Determinado a vingar-se da insólita e infeliz existência, olhou mais uma vez o retrato da mãe que trazia sempre na carteira, tocou-o suavemente com o polegar e o colocou no bolso da camisa que usava. Depois, deixou-se cair na velha poltrona de couro marrom, herdada do pai, um dos poucos objetos que levou consigo do lar desfeito. Olhou para a ...

Leia mais »