Carteira de Jornalista

A Carteira de Jornalista emitida pela Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) é válida em todo o território nacional como documento de identidade, conforme a lei federal 7.084, de 21 de dezembro de 1982. Ela tem validade de três anos e formato de cartão, com chip no qual ficam armazenadas informações relativas ao portador.

Somente jornalistas com formação superior em jornalismo e registro profissional no Ministério do Trabalho e Emprego têm direito ao documento. O preço de confecção é de R$ 340. Jornalistas sindicalizados em dia têm desconto de 75%; jornalistas sindicalizados inadimplentes têm desconto de 50%. O prazo para entrega é de 15 dias, após o pedido.

Para solicitar a carteira, o interessado deve comparecer ao Sindicato (Avenida Álvares Cabral, 400, Centro, Belo Horizonte) e apresentar os seguintes documentos originais:

  • Carteira de Trabalho com registro de jornalista
  • Diploma de Jornalista ou declaração da faculdade
  • Carteira de Identidade
  • CPF
  • Exame de Fator RH com tipo sanguíneo
  • Uma foto 3×4

Carteira internacional

A Carteira Internacional de Jornalista é um documento emitido pela Federação Internacional de Jornalistas (FIJ) para jornalistas sindicalizados em dia que possuam a carteira da Fenaj em dia. Ela custa 50 euros, na cotação do dia, e tem validade de dois anos. Para solicitá-la é preciso apresentar também uma foto 3×4.

Jornalista do interior

Profissionais do interior podem obter providenciar a Carteira de Jornalista pelo correio ou pela internet. Para tirar dúvidas e iniciar o processo, envie e-mail para o setor de registro: registro@sjpmg.org.br.