Bolsonaro declara boicote a anunciantes do jornal Folha de S. Paulo

Por Victor Ohana, Carta Capital.

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, nesta sexta-feira 29, que boicotará os produtos de empresas que anunciam no jornal Folha de S. Paulo. A declaração ocorreu em entrevista na porta do Palácio da Alvorada, em Brasília (DF).

Na quinta-feira 28, o Palácio do Planalto publicou, no Diário Oficial da União (DOU), um edital de Pregão Eletrônico que exclui o veículo de uma relação de assinaturas de jornais e revistas da presidência da República.

Bolsonaro havia sido perguntado se a medida representava ferimento ao princípio de impessoalidade do poder executivo.

“A Folha de S. Paulo não serve nem para forrar aí o galinheiro do Alvorada”, disse o presidente, que recebeu aplausos de apoiadores, aos gritos de “mito”. “Então, olha só, eu estou deixando de gastar dinheiro público.”

Em seguida, o presidente deixou claro que não quer mais ler o veículo e citou o caso da sua ex-funcionária Wal do Açaí. Ela era registrada como servidora do gabinete de Bolsonaro enquanto era deputado federal, mas o jornal reportou, em janeiro de 2018, que ela trabalhava em um estabelecimento localizado na Vila Histórica de Mambucaba, a 50 km do município de Angra dos Reis, no estado do Rio de Janeiro.

“Mas eu não quero ler a Folha, não vou perder tempo para ler Folha. Vocês lembram da Wal do Açaí? Acusada de ser uma fantasma que vendia lá? Foi no dia 10 de janeiro, deram um flagrante na Val dentro da lojinha de açaí que não fatura mil reais por mês. Ofereci para a Folha de S. Paulo o boletim administrativo da Câmara dos Deputados. Ela entrou de férias dia 21 de dezembro até 20 de janeiro, estava de férias. Podia fazer o que bem entendesse da vida dela. A reputação dessa senhora foi destruída, vítima de chacota na região, a Folha de S. Paulo fez isso com essa mulher”, queixou-se.

Clique AQUI para ler a íntegra na Carta Capital.

(Crédito da foto: Marcos Corrêa / PR.)

 

#LutaJornalista

#SindicalizaJornalista

[29/11/19]

 

Veja também

Para militares, aposentadoria terá salário integral, sem idade mínima

O Senado aprovou nesta quarta-feira 4/12 a reforma da Previdência militar, que contempla todos os ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *