Número de trabalhadores informais bate recorde outra vez, diz IBGE

Por Victor Ohana, Carta Capital.

Os índices de trabalho informal bateram novo recorde no Brasil durante o trimestre encerrado em outubro deste ano, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua (PNAD Contínua), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira 29/11.

A pesquisa contabilizou 11,9 milhões de trabalhadores sem carteira assinada no setor privado, número estável estatisticamente se comparado ao registrado no trimestre anterior, mas com alta de 2,4% em relação ao mesmo período de 2018. O percentual equivale a 280 mil novos trabalhadores sem registro formal no mercado de trabalho.

Os trabalhadores por conta própria, também considerados como trabalhadores informais, chegam a 24,4 milhões no país. O índice é estável frente ao trimestre anterior, mas 3,9% maior em relação ao mesmo período em 2018. O percentual equivale a novos 913 mil trabalhadores por conta própria no país.

Clique AQUI para ler a íntegra na Carta Capital.

 

#LutaJornalista

#SindicalizaJornalista

[29/11/19]

 

Veja também

Atingidos pela Samarco dão entrevista coletiva nesta sexta 6/12 sobre contaminação da água, do ar e do solo

Moradores de comunidades atingidas pela lama da Samarco (Vale e BHP), de Mariana e de ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *