Jornalistas aprovam campanha salarial para rádio e tv do interio

Os jornalistas de rádio e TV do interior do estado aprovaram a proposta de campanha salarial feita pelo sindicato patronal que prevê a reposição de 4% da inflação para os salários de todos os trabalhadores e 6,9% (INPC acumulado) para os pisos salariais.

Também foi aprovado um abono de 18% sobre o salário base (5h) a ser pago em parcela única.

As correções salariais devem ser feitas no próximo salário a ser pago em novembro.

Na capital e região metropolitana as emissoras de rádio e TV estão propondo 3,4% de reajuste para os salários, 6,9 % para o piso e um abono de 18% a ser pago em duas vezes.

Os sindicatos dos jornalistas e radialistas da capital rejeitaram essa proposta e aguardam nova rodada de negociação. A avaliação das entidades de classe é que a situação financeira das empresas da capital e Região Metropolitana é bem melhor do que a do interior, portanto não justifica que a proposta seja inferior à feita pelas empresas do interior do estado.

O sindicato patronal se reúne na próxima quinta (28/10) e na sequência deve haver uma nova rodada com as entidades de classe.

Confira o próximo contracheque. Se não tiver recebido procure o SJPMG.

Veja também

“É revoltante que uma mulher, jornalista, negra não esteja segura dentro dos estádios”, escreve estudante de jornalismo que teve seu trabalho cerceado no Mineirão

Ser mulher e ter o objetivo de atuar no mundo esportivo é um desafio que ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *