Repórter cinematográfico Rodrigo Alexandrino é mais uma vítima da covid em MG

A covid-19 levou embora mais um jornalista mineiro. Faleceu ontem ((25/05), aos 56 anos, o repórter cinematográfico Rodrigo Alexandrino, que trabalhava há 12 anos  na TV Assembleia.

Rodrigo, que estava exercendo presencialmente suas funções,  testou  positivo  semana passada .
Infelizmente a doença rapidamente evoluiu para um quadro grave, que o levou ao falecimento.

Antes de ser repórter na TV, ele trabalhou na TV Horizonte, aonde começou sua carreira como operador de câmera.

Casado com Luciana Alexandrino, com quem não teve filhos, Rodrigo era brigadista e também adorava tocar violão. Na TV, era conhecido pela competência, mas também pelo sorriso largo e franco e pela gentileza. 

“Era um homem muito honrado”, afirmou sua esposa.

O SJPMG lamenta mais uma partida precoce de um jornalista vitimado pela Covid. “O Rodrigo era uma pessoa tão educada, jornalista competente, apoiador de primeira hora do nosso sindicato e um colega muito querido por todos. É uma tristeza sua partida tão cedo”, afirma a presidenta do SJPMG, Alessandra Mello.

Ele foi sepultado hoje no Cemitério da Paz em cerimônia restrita aos familiares.

Vá em paz, Rodrigo.

Veja também

SJPMG repudia censura imposta pela Rádio Favela ao professor Dirceu Greco, médico pioneiro na luta contra a AIDS

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais (SJPMG) manifesta sua total solidariedade ao professor ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *