Jornalismo, profissão impossível

Por JOÃO PAULO CUNHA

No programa Roda Viva, Glenn Greenwald teve paciência e dividiu sua participação entre repetir as regras básicas do bom jornalismo para profissionais bisonhos e reiterar a gravidade das denúncias apresentadas nas reportagens. Em outras palavras, explicou o que era jornalismo e mostrou na prática como fazê-lo. O que há de mais grave não é a perda da oportunidade de uma discussão rica e necessária, mas o aparente consenso entre profissionais da imprensa comercial sobre os limites dados ao jornalista pelos interesses dos patrões.

Clique AQUI para ler o artigo no Brasil de Fato.

 

#LutaJornalista

#SindicalizaJornalista

[6/9/19]

 

Veja também

Falecimento: Beth Sily

Faleceu nesta quinta-feira 22/10 aos 67 anos a jornalista Beth Sily, assessora e coordenadora da ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *