Roda de conversa discute ‘o novo obscurantismo’ na Casa do Jornalista nesta sexta 7/6

O Observatório Jurídico do Terceiro Setor e Direitos Humanos e o SJPMG realizam neste sexta-feira 7/6, a partir das 19h, na Casa do Jornalista (Avenida Álvares Cabral, 400, Centro, BH) a roda de conversa O novo obscurantismo — pós-verdade, fake news e anti-intelectualismo.

O encontro terá palestra do professor Ernesto Perini Frizzera da Mota Santos, do Departamento de Filosofia da UFMG, e participação do professor Marco Antônio Sousa Alves, da Faculdade de Direito da UFMG; do professor Lucas de Alvarenga Gontijo, da PUC Minas, e da pesquisadora Mariana Ferreira Bicalho.

A seguir outras informações sobre o palestrante e os debatedores.

Ernesto Perini Frizzera da Mota Santos é professor associado do Departamento de Filosofia da UFMG e pesquisador do CNPq (Bolsa de produtividade 1-B). Doutorou-se em 2001, pela Universidade François Rabelais, Tours, França. Sua pesquisa se desenvolve tanto em Historia da Filosofia Medieval, com foco na filosofia da linguagem e na epistemologia no século XIV, quanto em temas de Filosofia da Linguagem e, em menor medida, de Epistemologia e Filosofia da Mente. Seu foco principal de pesquisa hoje é o desenvolvimento de uma teoria contextualista em Filosofia da Linguagem.

Marco Antônio Sousa Alves é professor adjunto de Teoria e Filosofia do Direito na Faculdade de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Membro permanente do Programa de Pós-Graduação em Direito (PPGD/UFMG).

Lucas de Alvarenga Gontijo é professor de Direito da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas) e da Faculdade de Direito Milton Campos (FDMC). Professor do Programa de Pós-graduação em Direito da PUC Minas (PPGD) e da Faculdade de Direito Milton Campos.

Mariana Ferreira Bicalho é pesquisadora na área de Filosofia Política. Mestre em Teoria do Direito pela PUC Minas. Pós-graduanda em Administração Pública pela PUC Minas. Diretora da Associação Nacional de Pós-graduandos (ANPG). Advogada no MMG Advocacia.

Para saber mais sobre o Observatório Jurídico, clique AQUI.

 

#LutaJornalista

#SindicalizaJornalista

[5/6/19]

Veja também

Decisão em segunda instância confirma reintegração dos demitidos da Abril

Trabalhadores demitidos desde julho de 2017 são abrangidos pela decisão judicial. Por Adriana Franco, Sindicato ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *