Eleição da Fenaj será nos dias 16, 17 e 18 de julho, com chapa única

A próxima Diretoria da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) e os novos membros daa Comissão Nacional de Ética dos jornalistas (CNE) serão eleitos em votação direta nos dias 16, 17 e 18 de julho. A chapa única, denominada Audálio Dantas – Fenaj em defesa dos jornalistas, do jornalismo e da democracia, é encabeçada pela atual presidenta, Maria José Braga, de Goiás, e tem como vice-presidente Paulo Zocchi, de São Paulo. A presidenta do Sindicado dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais, Alessandra Mello, ocupará a Primeira Secretaria. O mandato é de três anos.

A chapa de unidade foi formada depois de sete eleições com disputa e apoia os cinco candidatos concorrentes à CNE. Os demais cargos da Diretoria – distribuídos entre executiva, vices-regionais e departamentos – são ocupados por jornalistas de todas as regiões do país e da maioria dos estados.

A unidade entre os grupos com atuação no movimento sindical dos jornalistas é fruto de vários debates que identificaram convergências, principalmente em razão da conjuntura nacional (de retrocessos políticos, socioeconômicos e culturais) e dos ataques à classe trabalhadora e as suas organizações sindicais.

Considerada um avanço importante para a resistência e o enfrentamento à retirada de direitos sociais e trabalhistas, às constantes ameaças às liberdades de expressão e de imprensa e ao estado democrático de direito, a unidade vai fortalecer a Fenaj e suas lutas em defesa dos jornalistas, do jornalismo e da democracia.

A chapa foi registrada dentro do prazo estabelecido no calendário eleitoral, assim como as candidaturas à CNE. Não houve pedido de impugnação de nenhuma candidatura e, no dia 22 de maio, a Comissão Eleitoral declarou a chapa oficialmente inscrita, autorizando o início da campanha.

A Fenaj é a única federação sindical a realizar eleição direta para escolher sua Diretoria e a Comissão Nacional de Ética. A eleição, além de expressar a democracia participativa, na qual cada jornalista sindicalizado pode dar o seu voto, é também momento de debate nacional sobre a realidade da categoria e sobre as lutas que a entidade de representação nacional deve priorizar.

A seguir a chapa completa.

Chapa “Audálio Dantas – Fenaj em defesa dos jornalistas, do jornalismo e da democracia”

DIRETORIA EXECUTIVA

Presidência: Maria José Braga (GO)

Primeira Vice-Presidência: Paulo Zocchi (SP)

Segunda Vice-Presidência: Samira de Castro (CE)

Secretaria Geral: Beth Costa (RJ)

Primeira Secretaria: Alessandra Mello (MG)

Primeira Tesouraria: Antônio Paulo (AM)

Segunda Tesouraria: Valci Zuculoto (SC)

Suplentes: Paula Padilha (PR), Valdice Gomes (AL)

VICE-PRESIDÊNCIAS REGIONAIS

Norte I: Wilson Reis (AM)

Norte II: Denyse Quintas (AP)

Nordeste I: Lúcia Figueiredo (PB)

Nordeste II: Edmilson Brito (SE)

Centro-Oeste: Gésio Passos (DF)

Sudeste: Márcia Quintanilha (SP)

Sul: José Nunes (RS)

DEPARTAMENTOS

CULTURA E EVENTOS: Luiz Carlos de Oliveira (PI), Márcio Garoni (SP), Marjorie Moura (BA)

EDUCAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL: Adriana Cruz (RR), Cármen Pereira (RJ), Elias Serejo (PA)

MOBILIZAÇÃO DOS JORNALISTAS DE PRODUÇÃO E IMAGEM: Evilázio Bezerra (CE), Luiz Spada (GO), Víctor de Farias (AC)

MOBILIZAÇÃO EM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO: Douglas Dantas (ES), Leonor Costa (DF), Rose Dayanne (TO)

MOBILIZAÇÃO, NEGOCIAÇÃO SALARIAL E DIREITOAUTORAL: Gustavo Vidal (PR), Márcio Leal (RJ), Rafael Mesquita (CE)

RELAÇÕES INSTITUCIONAIS: Guto Camargo (SP), Paulo Sousa (SE), Sérgio Murilo (SC), RELAÇÕES INTERNACIONAIS: Ayoub Hanna Ayoub (Londrina, PR), Celso Schröder (RS), Suzana Tatagiba (ES)

SAÚDE, PREVIDÊNCIA E SEGURANÇA: Ana Paula Costa (RN), Felipe Gillet (PA), Norian Segatto (SP)

CONSELHO FISCAL: Luíla de Paula (AL), Marcelo Freire (RO), Milton Simas (RS)

COMISSÃO NACIONAL DE ÉTICA: Antônio Pinheiro Sales (GO), Cláudia de Abreu (RJ), Kardé Mourão (BA), Osnaldo Moraes (PE), Salomão de Castro (CE)

 

#LutaJornalista

#SindicalizaJornalista

#VotaJornalista

[5/6/19]

 

Veja também

Decisão em segunda instância confirma reintegração dos demitidos da Abril

Trabalhadores demitidos desde julho de 2017 são abrangidos pela decisão judicial. Por Adriana Franco, Sindicato ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *