Em defesa da vida, da vacina para todos e da liberdade expressão e de imprensa, Jornalistas de Minas conclamam: Fora Bolsonaro!

No próximo sábado, dia 3 de julho, centenas de organizações, movimentos, entidades e pessoas irão às ruas demonstrar sua insatisfação com o governo de Jair Bolsonaro. O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais se soma na convocação e convida a todos para participar do ato.

Motivos não nos faltam. Esse governo promove uma política da morte, ao negar vacina para a população, não garantir as medidas de isolamento, com condições financeiras para tal, como o auxílio emergencial, além de sistematicamente atacar os direitos e a dignidade das brasileiras e brasileiros.

No caso dos jornalistas, Bolsonaro não cansa de bater os próprios recordes de agressão a profissionais no exercício do seu trabalho. O ano de 2020, segundo a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) foi o mais violento para os jornalistas brasileiros desde o início da série histórica dos registros dos ataques à liberdade de imprensa, na década de 1990. Foram 428 casos de violência, 105,77% a mais que o já alarmante número de 208 ocorrências, registradas em 2019.

Graças ao trabalho sério de milhares de repórteres no Brasil, todos conhecem esses casos, pelo menos alguns deles. Mas precisamos lutar para garantir que possamos seguir fazendo nosso trabalho. E para que todos tenham trabalho.

518 mil mortes
14, 4 milhões de desempregados
19 milhões de pessoas passando fome

Esse é um retrato do Brasil em 2021. Não é um acaso, é um projeto.

Por isso, Jornalistas de Minas dizem: Fora Bolsonaro!

Dicas e cuidados para o dia:

Mesmo na rua, pratique o distanciamento social; evite contato físico; higienize constantemente as mãos com álcool em gel; não compartilhe objetos pessoais, como garrafas de água; e evite tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas.

E atenção:
Pessoas com sintomas, que tenham ou que morem com pessoas que possuem comorbidades, ou que tiveram contato com alguém que teve confirmação de covid-19 com menos de 14 dias, não devem participar da ação.

Acompanhe o local e horário do ato na sua cidade.

Em Belo Horizonte, a concentração será as 14h, na Praça da Liberdade.

 

[2/7/2021]

Diretoria SJPMG 2020-2023
Jornalistas de Minas em defesa da categoria, da democracia e dos direitos humanos

Veja também

Jornalistas de Minas dizem não à violência de gênero e alertam categoria sobre a cobertura jornalística do tema

Nesse mês de agosto, marcado pelo combate à violência contra mulher, o Sindicato dos Jornalistas ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *