Homenageada em música, Casa do Jornalista é sucesso no Spotify

Uma canção do músico e compositor Haroldo Bontempo (foto) em homenagem à Casa do Jornalista é um grande sucesso de execução na plataforma Spotify. A música, que faz parte do primeiro álbum solo do autor, Músicas para Travessia, já foi tocada mais de 133 mil vezes, desde março de 2020.

“Na Casa do Jornalista” foi selecionada em uma playlist oficial de Bossa Nova do Spotify entre clássicos do gênero, o que resultou nesse número espetacular de ouvintes, explica Haroldo. O álbum, com 14 músicas, está em todas as plataformas de streaming (Spotify, Deezer, Tidal, Apple Music) e no YouTube.

Integrante da banda Mineiros da Lua (juntamente com Elias Sadala, Diego Dutra e Jovi Depiné), Haroldo conta que compôs “Na Casa do Jornalista” em homenagem à série de encontros realizada pelo coletivo de artistas Geração Perdida no espaço cultural da Casa do Jornalista em 2016 e 2017.

A série reuniu bandas locais e convidadas de outros estados cujo repertório tem em comum o chamado “rock triste”, canções de caráter intimistas, que falam de sentimentos e que têm grande público.

“Na Casa do Jornalista é uma homenagem a esses eventos. Ela fala de escrever músicas tristes, de trabalhar a tristeza através da música”, explica o artista, que gravou a canção em dupla com a cantora Lina Lanna.

Ele acrescenta que tem admiração muito grande pela Casa do Jornalista, por ser um espaço aberto para a diversidade cultural, abrangente e sem panelinhas. Sua última apresentação na Casa foi durante o carnaval de 2020, pouco antes do fechamento em decorrência da pandemia.

Atualmente, Haroldo mora na sua cidade natal, Carmo do Paranaíba, por força do isolamento social, e está aproveitando para estudar música, especialmente violão, seu instrumento principal. Ele observa que, nos últimos dez meses, a tristeza, sentimento do qual trata sua canção hit, foi ressignificada. “Estamos todos convivendo muito mais com a solidão”, diz.

Clique AQUI para ouvir “Na Casa do Jornalista” no Spotfy.

(Crédito da foto: Elias Sadala.)

 

[19/1/21]

 

Veja também

Rubens Menin adquire rádio Itatiaia; SJPMG espera valorização do jornalismo

A rádio Itatiaia, a “rádio de Minas”, como é conhecida, não pertence mais à família ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *