Projeto da agência Pública convida leitores para relatar histórias de mortes por covid-19

A Pública Agência de Jornalismo Investigativo está convidando leitoras e leitores de todas as partes do país para participarem do seu primeiro projeto de investigação participativa: Histórias que Contam. O objetivo é contar histórias de familiares e conhecidos que morreram de covid-19.  Os relatos serão recebidos através de questionário que está disponível clicando aqui: https://agen.pub/participe.

Neste momento em que o número de mortes por coronavírus  no Brasil ultrapassou os 50 mil, a Pública quer entender que fatores podem ter contribuído para esses falecimentos e que problemas as vítimas podem ter tido ao procurar atendimento médico. A agência entende que é papel do jornalismo investigar esse capítulo trágico da história brasileira, considerando ainda que há subnotificação e faltam informações sobre esses milhares de mortes.

A Pública garante as informações pessoais estarão seguras e não serão compartilhadas ou publicadas sem permissão explícita. O engajamento de todos é importante para fazer esse projeto acontecer e essas mortes não caírem no esquecimento.

Se você quiser saber mais sobre investigação participativa, clique aqui: https://agen.pub/FAQwp.

(Informações da Agência Pública. Crédito da foto: José Cícero da Silva/ Agência Pública.)

[26/6/20]

 

Veja também

Ivan Drummond e Mauro Werkema são os cronistas desta sexta no Jornalistas de Minas

As crônicas “Fantasmas e loucos de Ouro Preto”, de Mauro Werkema, e “De volta ao ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *