Google cria incubadora jornalística e destina recursos para negócios e produtos

O Google vai criar a Incubadora Jornalística de Nativos Digitais, um projeto piloto pioneiro que oferecerá mentoria e espaço físico no Google for Startups Campus em São Paulo para equipes que estão criando empresas jornalísticas digitais. As equipes terão acesso a produtos e mentores do Google, especialistas da área e recursos para acelerar o desenvolvimento dos seus negócios e serem sustentáveis. O objetivo é desenvolver uma série de melhores práticas sobre como construir organizações de jornalismo digital sustentáveis no século 21, especialmente no Brasil. A incubadora vai começar suas atividades no fim de 2019.

O anúncio foi feito durante o Google For Brasil, realizado em São Paulo no dia 6 de junho, no qual a multinacional comunicou os investimentos do Google News Initiative (GNI). Entre esses investimentos está também o Desafio de Inovação Google News Initiative da América Latina, cujo objetivo é possibilitar a sustentabilidade das empresas jornalísticas por meio de novos modelos de negócios e produtos jornalísticos. O programa destinará até R$ 1 milhão para cada projeto aprovado. As inscrições estão abertas a todas as empresas jornalísticas. Para obter mais informações acesse o saite g.co/desafioGNI. O prazo final para apresentação de projetos é 23 de julho de 2019, às 1h59 (horário de Brasília).

Abraji, ANJ, Projor

O Google anunciou também a destinação de R$ 2 milhões para associações e consórcios de mídia brasileiros, entre eles a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji). A Abraji coordena o projeto Comprova, que reúne 24 empresas de mídia do Brasil, cujo objetivo é descobrir e investigar informações enganosas, inventadas e deliberadamente falsas. Na campanha presidencial de 2018, essas empresas monitoraran e verificaram a veracidade de informações compartilhadas por fontes não oficiais nas redes sociais e em aplicativos de mensagens. A Abraji também coordenará um programa de desenvolvimento para jornalistas de periferia.

Outra organização beneficiada pelos recursos do GNI é o Instituto para o Desenvolvimento do Jornalismo (Projor). Ele vai coordenar a próxima fase do Projeto Credibilidade, um consórcio de mídia que pretende identificar jornalismo de qualidade on-line. O projeto está presente também na Europa, Canadá e Estados Unidos, e reúne mais de 100 organizações noticiosas, oito delas no Brasil: Agência Lupa, Agência Mural, Folha de S. Paulo, Nexo Jornal, O Povo, Poder 360, Jornal do Commércio e Nova Escola.

A Associação Nacional dos Jornais (ANJ) também receberá recursos do Google para realizar uma série de webinários, neologismo que significa seminário transmitido ao vivo pela internet.

O GNI destinará ainda R$ 4 milhões para o EducaMídia, programa do Instituto Palavra Aberta que pretende capacitar professores e organizações de ensino, e engajar a sociedade no processo de educação midiática dos jovens, desenvolvendo seus potenciais de comunicação nos diversos meios. O apoio será feito por meio do Google.org, banco de filantropia do Google, ao longo dos próximos dois anos.

O Google comunicou ainda que já está funcionando o Laboratório de Assinaturas, programa que visa a ajudar oito empresas de jornalismo na América Latina, incluindo quatro brasileiras, a obter assinaturas. Elas vão receber apoio especializado da Mather Economics, da Wan-Ifra, a Associação Mundial de Jornais, e do Google, para potencializar suas assinaturas digitais. O GNI também irá produzir guias e referências de melhores práticas do Laboratório de Assinaturas para que outras empresas de jornalismo possam se beneficiar da experiência.

As novidades do Google for Brasil estão disponíveis no endereço https://twitter.com/googlebrasil.

(Na foto, o presidente do Google Brasil, Fábio Coelho, durante o Google For Brasil. Crédito: divulgação.)

(Com informações do Portal Imprensa.)

#LutaJornalista

#SindicalizaJornalista

[10/6/19]

 

Veja também

Assembleia terá novo espaço para a imprensa

O presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), deputado Agostinho Patrus (PV), anunciou, na ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *