Campanha Salarial 2019: patrões de rádio e TV não fazem proposta de reajuste

Em reunião de negociação com o Sindicato dos Jornalistas, realizada na segunda-feira 22/4, o Sindicato das Empresas de Rádio e Televisão de Minas Gerais não apresentou proposta de reajuste dos salários nem o valor do abono para 2019.

Os representantes patronais afirmaram que, diante do INPC de 4,58%, é difícil ganho real.

O plano de saúde e o vale refeição também foram negados. Segundo o sindicato patronal, esses benefícios não podem ser estabelecidos para a toda a categoria dos jornalistas no momento.

Os patrões concordam em estender o direito de creche para homens que tenham guarda compartilhada dos filhos.

Uma nova reunião de negociação foi marcada para o dia 29 ou 30/4, quando deverão ser discutidos o reajuste salarial e o valor do abono.

#LutaJornalista

#SindicalizaJornalista

[23/4/19]

 

Veja também

Com festa e lançamento de livro, entrega do 11º Prêmio Délio Rocha é nesta sexta 24/5

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais entrega nesta sexta-feira 24/5, na Casa do ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *