CriptoTrem: Primeiro evento sobre cibervigilância em Minas Gerais está chegando

Por que nosso CPF é solicitado nas farmácias e supermercados? Para onde vão nossas informações de localização no celular e o que podem fazer com elas? Para discutir sobre acesso a dados de usuários e também sobre vigilância, privacidade e liberdade nas redes, está chegando a CriptoTrem. O evento ocorrerá no dia 13 de abril de 2019, das 9h às 18h, no Centro de Referência da Juventude (CRJ), em Belo Horizonte (Praça Rui Barbosa, nº 50, Centro).

A CriptoTrem tem o objetivo de difundir os conceitos e softwares de criptografia e privacidade com uma linguagem acessível e que possa contribuir para mais transparência e liberdade na internet. Na programação serão realizadas palestras, debates e oficinas, além de atividades práticas sobre criptografia, privacidade de dados, anonimato e liberdade na rede. Especialistas e iniciantes estão divididos em quatro trilhas de programação: tecnopolítica, cibersiririca: feminismo na rede, hack it yourself, oficinas e atividades culturais.

Com o tema “BH pela privacidade, igualdade e liberdade na rede”, a CriptoTrem terá na abertura a participação do desenvolvedor de software, Silvio Rhatto, discutindo a Autodefesa na Era Digital. O evento se baseia no modelo da Cryptorave, que está em sua quinta edição, em São Paulo e se inspira no modelo da CriptoParty que ocorre no mundo todo desde 2012 e visa democratizar o conhecimento acerca da privacidade, segurança e liberdade na Internet, em contraponto à vigilância massiva por empresas e governos.

SERVIÇO

CriptoTrem – a primeira CriptoParty da capital mineira

Data: 13 de abril de 2019, das 9h às 18h

Local: Centro de Referência da Juventude (Praça Rui Barbosa, nº 50, Centro)

Entrada gratuita e livre

Saite: criptotrem.org, Twitter e Instagram: @criptotrem, Facebook: https://www.facebook.com/events/578221919345381/

 

#LutaJornalista

#SindicalizaJornalista

[22/3/19]

Veja também

15 projetos de lei endurecem penas de crimes contra jornalistas no Brasil

Por Júlio Lubianco Num momento de piora da liberdade de imprensa no Brasil, pelo menos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *