Maíra Monteiro assume diretoria executiva e Portal BHAZ começa nova fase

A jornalista Maíra Monteiro assumiu a diretoria executiva do Portal BHAZ, que está começando uma nova fase após a tragédia que vitimou seu fundador, Pedro Guadalupe, em acidente rodoviário ocorrido em maio. A jornalista, que participou da fundação do BHAZ, em 2012, retornou à empresa a convite da família de Pedro, que se uniu para dar continuidade ao portal.

A publicitária Renata Alencar, viúva de Pedro, disse que a contratação de Maíra Monteiro foi a primeira grande ação da família para garantir a continuidade e o crescimento do BHAZ. “Na verdade, o que fizemos foi recuperar um convite que o próprio Pedro já havia feito a ela. Então, de certa forma, foi ele que a selecionou”, disse. “Me dá muita tranquilidade ela ter aceitado dessa vez. Estamos todos cuidando do BHAZ e ele tem demonstrado claramente o quão sólido já é.”

Maíra Monteiro contou que o exemplo de Pedro Guadalupe sempre a inspirou. “A coragem do Pedro em viver sem se limitar, em ser fora da caixinha, em estar sempre no auge da produtividade, me inspirava a fazer mais em todos os aspectos”, disse.

Reforçar o jornalismo

Formada em Comunicação Social Integrada pela PUC Minas, Maíra Monteiro começou a carreira como jornalista na TV Record, onde foi produtora e chefe de reportagem. Trabalhou também no Hoje em Dia e na TV Band. Em 2012 participou da fundação do Portal BHAZ, como editora e coordenadora de coberturas especiais. A partir de 2015, passou a ocupar cargos executivos em projetos de comunicação corporativa e marketing digital, com passagens nas agências Burson-Marsteller e Máquina Cohn & Wolfe.

À frente do BHAZ, ela pretende reforçar o jornalismo e manter a linguagem diferenciada desenvolvida por Pedro Guadalupe. “Estamos num processo de renovação. Queremos colaborar com o mercado como um todo neste momento de instabilidade e trazer segurança”, disse.

Seu plano para 2019 é expandir a equipe e produzir um jornalismo “robusto”, mantendo a irreverência que caracterizou a gestão original. Atualmente o portal conta com sete jornalistas, dois estagiários de jornalismo e dois editores de imagens.

“Vamos manter o BHAZ como veículo que produz jornalismo com foco na internet”, prometeu Maíra, ressaltando que o portal é o único em Minas Gerais que não tem ligação com nenhum conglomerado de mídia.

Neste mês em que completa seis anos de existência, o foco do BHAZ será a cobertura das eleições de outubro. O trabalho começará com uma rodada de entrevistas com os candidatos e terá formato audiovisual, voltado para as redes sociais. O objetivo é produzir um noticiário “palatável” e informativo, que desmistifique as notícias falsas que grassam nas redes sociais, explicou Maíra.

Nova fase

O Portal BHAZ é um dos líderes de audiência em Minas Gerais, com 200 milhões de acessos gerados por 60 milhões de usuários, ao longo dos cinco anos de existência. É também o saite mineiro mais compartilhado no Facebook, com mais de 675 mil curtidas e média de 5 milhões de pessoas alcançadas por mês. Conquistou prêmios como o de Melhor Portal de Minas, conferido pelo Sindicato das Agências de Propaganda do Estado em 2017.

Depois do acidente no qual morreu também o jornalista Ronaldo Lenoir, a família de Pedro Guadalupe assumiu o portal com os objetivos de garantir a saúde financeira da empresa e dar continuidade ao seu legado.

“Hoje, estamos trabalhando com novas formas de capitalização. Os números estão em crescimento e a expectativa é chegar ao final do ano com o dobro do faturamento de 2017”, informou Fernando Guadalupe Brandão, irmão de Pedro.

Para ele, o BHAZ é inovador também na maneira como arrecada recursos: foi pioneiro em publiposts em Minas e foi escolhido pelo Facebook para ser um dos primeiros do país a usar a plataforma de audience network.

Na nova fase, o jornalista Thiago Ricci, que trabalhou na Record TV, Metro e Hoje em Dia, assumiu o cargo de editor-chefe. A editora Cristiana Andrade, que trabalhou mais de 15 anos no Estado de Minas, é outro reforço.

O BHAZ ampliou a cobertura in loco dos principais eventos em Belo Horizonte. “Fizemos uma extensa divulgação durante a feira da Associação Mineira de Municípios no mês de junho com estande próprio e comunicando para um público estratégico, como políticos e empresários”, disse Maíra.

Outra novidade foi o lançamento do perfil do Instagram na 21ª Parada do Orgulho LGBT de BH, que aconteceu em julho e contou com uma cobertura especial. “São exemplos da pluralidade dos projetos que abordamos no portal”, explicou a diretora executiva.

 

#LutaJornalista

#SindicalizaJornalista

[9/8/18]

Veja também

Inscrições para o 35º Prêmio Direitos Humanos de Jornalismo vão até 21/11

Estão abertas as inscrições para o 35º Prêmio Direitos Humanos de Jornalismo, realizado pelo Movimento ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *