Vereador de Divinópolis contesta nota do Sindicato

O vereador Edson Sousa (MDB) enviou ao Sindicato o texto denominado “Direito de Resposta”, que publicamos abaixo, na íntegra, acompanhado das observações pertinentes, em grifo.

“Direito de Resposta:

“Nos termos da Lei 13.188/15, publicamos direito de resposta a Edson Sousa, relativo a reportagem publicada no dia 24 de maio de 2018, no link http://www.sjpmg.org.br/2018/05/sindicato-denuncia-tentativa-de-intimidacao-de-jornalista-por-vereador-em-divinopolis/, cuja manchete é: Sindicato denuncia tentativa de intimidação de jornalista por vereador em Divinópolis.”

-Conforme foi explicado ao vereador, o Sindicato não publicou uma reportagem e sim uma nota em defesa da jornalista Pollyanna Martins e da liberdade de imprensa.

 

“Edson Sousa foi citado na reportagem como tendo utilizado o Poder Judiciário para intimidar e cercear o exercício da profissão da repórter Pollyanna Martins.

“Em verdade, contrariamente ao alegado na citada reportagem, o senhor Edson Sousa tão somente, de modo civilizado e democrático, busca junto ao Poder Judiciário a recomposição do dano moral sofrido em razão de reportagem assinada pela jornalista.”

-A prática de processar jornalistas por “danos morais” e pedir indenização vem se tornando comum no Brasil nos últimos, como forma de calar jornalistas pela via pecuniária. O vereador esqueceu de mencionar que responde a processo criminal por ameaçar a liberdade pessoal da jornalista Pollyanna Martins.

 

“A jornalista em questão, valendo-se do veículo de comunicação em que trabalha, elaborou reportagem (já retirada do ar) em que ela tece vários comentários de índole pessoal e subjetiva contra o Edson Sousa.”

-A matéria foi retirada do ar porque o veículo no qual a jornalista trabalhava fechou, mas há cópias e os fatos estão relatados também em pelo menos um veículo de notícias de Divinópolis.

 

“Na reportagem, a jornalista lançou dizeres caluniosos e difamatórios contra Edson Sousa, inclusive tendo dito na reportagem que teria ele praticado crime. Por tal razão, e para não transformar a questão em uma briga pessoal, prefere ele encaminhar o pleito às instâncias judiciárias.

Na matéria intitulada “Edson Sousa durante surto ataca a imprensa”, a jornalista escreveu: “O vereador Edson Sousa (PMDB) atacou a imprensa, durante um surto, logo após o fim da reunião ordinária dessa quinta-feira (21). O ataque do vereador começou depois que a imprensa se reuniu no plenarinho para entrevistá-lo, e a repórter do jornal Gazeta do Oeste, Pollyanna Martins, perguntou a ele “por que você está defendendo os interesses dos empresários nessa questão do IPTU?”.” Estes fatos estão registrados em vídeo disponível na internet, que pode ser visto neste link: http://agora.com.vc/noticia/edson-sousa-se-irrita-com-a-imprensa/.

 

“Em uma democracia liberdade de imprensa e direito a personalidade (nome, imagem, honra, reputação), são valores de primeira ordem. E ambos merecem o respeito de todos, e a defesa em caso de abuso.

“Mas ambos têm seus limites. E certo de que a houve um abuso no direito de informar, mediante a violação da honra e reputação, o senhor Edson Sousa escolheu o caminho dos homens de bem, entregando a questão a quem de direito; ao Judiciário.”

-O Sindicato concorda sobre a importância da liberdade de imprensa para a democracia, e é em nome dela e do direito ao livre exercício profissional dos jornalistas, sem qualquer tipo de intimidação, que ratifica os termos da nota, cuja íntegra pode ser lida clicando aqui. Se há abusos, eles vêm sendo cometidos pelo vereador, que melhor faria em se retratar, em vez de brigar com os fatos. 

 

(Na foto, o vereador durante os fatos narrados na matéria da jornalista Pollyanna Martins.)

#LutaJornalista

#SindicalizaJornalista

[7/6/18]

Veja também

Sindicato e Newton Paiva firmam convênio para descontos em cursos

O Sindicato assinou convênio com o Instituto Cultural Newton Paiva Ferreira Ltda., mantenedor do Centro ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *