Jornalistas da Rede Minas participam de manifestação por vale-refeição justo

Trabalhadores da Rede Minas se uniram nesta quinta-feira 3/5 ao movimento de servidores do estado de Minas Gerais por um auxílio refeição justo, sem discriminação. Eles participaram de manifestação na Cidade Administrativa reivindicando vale-alimentação no valor de R$ 53 para todos os servidores.

Uma comissão de servidores foi recebida pelo representante do governo Carlos Calazans, que prometeu que a reivindicação será estudada. Uma nova reunião foi marcada para o dia 16 de maio.

O reajuste do vale-alimentação dos servidores chegou a ser publicado no Diário Oficial do dia 5 de abril, com dois valores: R$ 40 para técnicos e R$ 53 para servidores de nível superior. No dia seguinte, no entanto, nova publicação cancelou o reajuste.

Os trabalhadores da Rede Minas estão sem reajuste no tíquete desde final de 2015. Atualmente, o benefício tem diversos valores; no caso da Rede Minas, é de R$ 20. Os servidores reivindicam valor único para os todos, de R$ 53.

O reajuste é considerado uma forma de compensar, em parte, o arrocho salarial dos servidores, decorrente da Lei de Responsabilidade Fiscal e das dificuldades financeiras do estado.

“Os trabalhadores da Rede Minas têm grande defasagem salarial, os salários na emissora são muito mais baixos do que os de outras televisões”, disse Brenda Marques, diretora do Sindicato dos Jornalistas e da Associação dos Servidores da Rede Minas (Asprem). Ela explicou que o vale-alimentação entra nas contas do governo como custeio e por isso não está sujeito ao mesmo arrocho dos salários.

Brenda argumentou que não faz sentido que o vale tenha valores diferentes e reclamou da enrolação do governo em decidir sobre o assunto e aplicar o reajuste. “O governo promete, mas não fala quando nem quanto vai reajustar”, disse.

No dia 5 de abril, quando o reajuste foi publicado e depois revogado, os trabalhadores da Rede Minas fizeram uma paralisação de protesto. Desde então os servidores vêm ouvindo promessas, até culminar na manifestação de hoje. O movimento pode ser acompanhado na página do Facebook Eu faço a Rede Minas.

#EuFaçoaRedeMinas

#LutaJornalista

#SindicalizaJornalista

(Na foto, a manifestação dos servidores na Cidade Administrativa.)

[3/5/18]

Veja também

SJPMG repudia ataques a jornalistas por vereadora de Bom Jesus do Amparo

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais vem a público repudiar os ataques feitos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *