Sindicato completa 70 anos com vigor e intensa comemoração

Participe da programação!

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais completa neste domingo, 6 de setembro, 70 anos da sua fundação. São sete décadas de luta e compromissos que fizeram com que o Sindicato se transformasse em mais do que representante de uma categoria profissional – na voz de toda a sociedade civil mineira. Local de inúmeros encontros e atos históricos, o Sindicato dos Jornalistas foi foco importante de resistência à ditadura, berço do movimento Diretas Já!, sede de fundação da CUT-MG e de vários sindicatos. Enfrentou, por isso mesmo, atentados à bomba, os quais, longe de intimidá-lo, serviram para torná-lo ainda mais forte.

Desde o ano passado, com a realização da BH Press House, durante a Copa do Mundo, a Casa do Jornalista voltou a viver momentos profícuos de atividades e movimentação intensa, abrigando entidades tradicionais e novos movimentos sociais. No seu espaço cultural, inaugurado em maio deste ano, já se apresentaram mais de cem artistas para milhares de pessoas. Tudo isso faz com que a comemoração dos 70 anos do Sindicato não se restrinja à data oficial, mas aconteça no dia-a-dia da entidade, com inúmeras atividades e muita vivacidade.

Neste mês de setembro e durante um ano inteiro uma extensa programação irá resgatar a história do Sindicato. Ela começará com um grande ato no dia 21, segunda-feira, no qual, em sessão solene, a Assembleia Legislativa celebrará a trajetória do Sindicato. O ato, que reunirá jornalistas e autoridades, homenageará cinco jornalistas: os ex-presidentes José Mendonça, Virgílio de Castro Veado e Dídimo Paiva, e os decanos Guy de Almeida e José Maria Rabêlo.

No dia 2 de outubro, sexta-feira, o aniversário será comemorado na nossa própria casa, com a cerimônia de posse da nova diretoria da Casa do Jornalista e da Comissão de Ética do Sindicato, recém-eleita pela categoria. Em seguida, haverá uma festa de confraternização.

Enjai e Caravana dos 70 anos

No dia 26 de setembro, sábado, jornalistas que trabalham em assessorias de imprensa em todo o estado se reunirão no Enjai 2015 (Encontro de Jornalistas em Assessoria de Imprensa) para debates em torno do tema “Credibilidade da informação na era digital”. O encontro, que contará com participação de palestrantes ilustres, acontecerá na UNA, de 9h às 18h, e servirá também para preparação e eleição de representantes ao Enjai nacional, que acontecerá em Fortaleza, em outubro.

Nesta quarta-feira 9/9, uma audiência pública da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa discutirá casos de violência contra profissionais da imprensa. O objetivo é debater medidas de segurança que possam evitar novas ocorrências. Solicitada pelo presidente da comissão, deputado Cristiano Silveira, a reunião foi motivada por denúncias enviadas pelo Sindicato. No evento será lançado um minidocumentário sobre o assassinato do jornalista Rodrigo Neto, ocorrido em Ipatinga, em 2013.

As comemorações prosseguirão em outubro, com a “Caravana dos 70 anos”, que levará cursos de qualificação profissional e debates a 14 cidades mineiras, contemplando as principais regiões do estado. Será a maior campanha de interiorização que o Sindicato já realizou.

Painel Imprensa e memória

Também para outubro está prevista a reinauguração do painel “Imprensa”, pintado na década de 1960 na sede do Sindicato pela artista plástica Yara Tupynambá, e que será restaurado.

Dois produtos culturais enfocando a memória do Sindicato, da Casa do Jornalista e do jornalismo mineiro farão parte das comemorações: um livro e um audiovisual. Este será editado em parceria com o Centro de Referência Audiovisual (Crav), a partir de depoimentos de ex-presidentes do Sindicato e renomados jornalistas mineiros dados à instituição.

A programação oficial inclui ainda uma série de atividades na semana de 7 de abril de 2016, Dia do Jornalista. Dela constarão um debate com jornalistas convidados, entrega de homenagens a jornalistas mineiros, uma exposição fotográfica, em parceria com a Arfoc-MG, e uma atividade cultural aberta à população.

Para além dessas festividades e dos eventos, os 70 anos já estão e continuarão sendo comemorados cotidianamente com intensa atividade. Na sexta-feira 11/9, o presidente do Sindicato, Kerison Lopes, e o presidente da Casa do Jornalista, Mauro Werkema, concedem entrevista ao vivo ao “Opinião Minas”, na Rede Minas.

No sábado e domingo seguintes, dias 12 e 13/9, a Casa do Jornalista será sede do I Fórum Regional de Brechós, com a realização de debate, feira e desfile de moda brechó. Na noite de 12/9, o espaço cultural receberá o show “Thelma Rosa interpreta Amy”; no dia 17/9, é a vez do cantor e violeiro Vitor Santana.

O Sindicato chega aos 70 anos com vitalidade renovada e disposição permanente para a luta.

 

Veja também

ALMG tem surto de covid depois de convocar todos os terceirizados, muitos sem direito a plano de saúde

Já são seis trabalhadores da área de comunicação da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (quatro ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *