Sindicato manifesta seu repúdio com novas dispensas no jornal O Tempo

O Sindicato dos Jornalistas repudia as novas demissões ocorridas no jornal O Tempo, nesta terça-feira (21/7). Foram dispensados 11 jornalistas, sendo um subeditor, um produtor, seis redatores júnior e três repórteres júnior, além de empregados do departamento comercial e do setor de telemarketing. A redação, unificada para os jornais O Tempo, Super Notícia e Pampulha, contava antes com 167 profissionais, de acordo com dados da empresa.

Este é o segundo corte de funcionários na redação de O Tempo, neste ano. No dia 25 de maio, houve a dispensa de jornalistas nas editorias de Cidades, Política e Esportes, além de empregados de outros setores. Na época, a diretoria da empresa alegou que as demissões eram normais, em decorrência de queda de faturamento, mesma justificativa apresentada para o corte de agora.

Com as novas dispensas, a Sempre Editora mostra que não se trata somente de “readequação de pessoal” e para o Sindicato a medida configura demissão em massa. Os jornalistas demitidos devem procurar a entidade que irá defender seus direitos. O Sindicato manifesta preocupação com os cortes ocorridos em O Tempo e está analisando o caso, para tomar as medidas jurídicas cabíveis.

Veja também

SJPMG repudia ataques a jornalistas por vereadora de Bom Jesus do Amparo

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais vem a público repudiar os ataques feitos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *