NOTA OFICIAL

O Sindicato dos Jornalistas e a Arfoc MG vêm a público expressar seu veemente repúdio às agressões sofridas pelo repórter fotográfico Beto Novaes, do jornal Estado de Minas, neste domingo (12/4/15) e afirmar que farão todos os esforços para que este ato covarde não fique impune. Não é a primeira vez que um profissional da imprensa no exercício do seu trabalho é vítima de manifestantes, uma prática que nos últimos anos tem se tornado cada vez mais comum. Ontem, além de Beto Novaes, também foram hostilizados repórteres e outros veículos.

Não importa de onde venha, a agressão a um jornalista que está trabalhando é inaceitável. Cidadãos que exercitam seu direito de manifestação e de protesto precisam aprender a distinguir entre os donos dos veículos de imprensa e os profissionais que para eles trabalham. O repórter fotográfico Beto Novaes foi agredido pelo simples fato de ter semelhança física com o ex-presidente Lula, semelhança que, ao longo da sua carreira, muitas vezes gerou risos e descontração, e pela primeira vez provoca uma agressão. Para o Sindicato dos Jornalistas e para a Arfoc é hora de dar um basta às agressões contra jornalistas.

Com este objetivo, o Sindicato e a Arfoc entraram em contato nesta segunda (13/4/15) com a Procuradoria de Direitos Humanos do Ministério Público Estadual e com a presidência da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa para pactuar procedimentos para tratar desta e de outras agressões ocorridas em Minas. Será realizada uma audiência conjunta entre representantes do Ministério Público e da Assembleia com as entidades representativas dos profissionais da imprensa.

Todos os relatos de que o Sindicato e a Arfoc têm conhecimento serão encaminhados para investigação. Pedimos a todos os jornalistas que conheçam casos ainda não relatados que se manifestem, procurando seu Sindicato.

Basta de agressões! Respeito ao trabalho dos jornalistas e à democracia!

Diretoria do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais

Diretoria da Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos de Minas Gerais

Veja também

SJPMG repudia ataques a jornalistas por vereadora de Bom Jesus do Amparo

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais vem a público repudiar os ataques feitos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *