16 jornalistas escritores  já confirmaram presença na 3ª Flij

Dezesseis jornalistas escritores já confirmaram presença na 3ª Feira Literária de Jornalistas de Minas Gerais (3ª Flij), que será realizada no próximo dia 19, de 10h às 17h, na Casa de Jornalista de Minas Gerais, em Belo Horizonte. Entre os que participarão da feira estão Sidneia Simões, Hila Rodrigues, Sulamita Esteliam e a jornalista e publicitária Carla Madeira, a escritora que mais vendeu livros no Brasil em 2021. As inscrições vão até 17 de novembro ou até que seja completado o número de 50 vagas, tendo em vista a limitação de espaço na Casa de Jornalista.

Carla Madeira afirma ter recebido com alegria o convite para participar da 3ª Flij. “Achei ótimo ter esse momento de congraçamento e troca entre jornalistas. Será um encontro muito interessante, pois reunirá jornalistas com experiências diferentes e que tiveram a ousadia de colocar sonhos, fantasias e vivências no papel. Estou dentro!”, afirmou Carla Madeira, que participará da feira com os romances “Véspera” (2021) e “Tudo é Rio” (2022), ambos publicados pela Editora Record.

Para Sulamita Esteliam, autora do livro reportagem “Em Nome da Filha” (Editora Viseu, 2018), o jornalista tem como característica o fato de ser um escritor marcado pela diversidade, pois da mesma forma que a qualidade do texto faz toda a diferença em uma reportagem, na crônica ocorre um exercício rotineiro entre o fazer jornalístico e o texto literário. “Eu mesmo faço o gênero contadora de histórias, pois toda ficção tem a realidade como ingrediente”, afirma a jornalista mineira, que iniciou sua vida profissional em Belo Horizonte, mas hoje está radicada em Recife.

Para a jornalista Hila Rodrigues, a Flij é uma iniciativa importante para o exercício de uma escrita que não é necessariamente jornalística, embora carregue as marcas de quem a produz, como observadores da realidade que são os profissionais da notícia. Para ela, a feira terá também a função importante de fortalecer as editoras e ser um espaço de encontro, em um momento importante, no pós-pandemia. “Sem falar que ocorrerá em um momento especial para celebrarmos a vitória da democracia no país”, completa a jornalista, que foi repórter dos jornais Diário do Comércio e Estado de Minas e das rádios Band News e Alvorada FM. Atualmente, é professora do curso de jornalismo da Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop). Hila, participa da 3ª Flij com o livro de poesias “Desassossego Ilustrado” (Páginas Editora, 2021).

Sidneia Simões enxerga a 3ª Flij pela ótica da troca de conhecimento e experiências que um evento dessa natureza propicia entre os jornalistas. “É importante que nós, jornalistas, conheçamos o fazer artístico do colega, para que possamos divulgar, indicar, construir redes. Cada jornalista tem seu círculo de familiares, amigos, conhecidos. Assim, podemos potencializar as informações sobre nossa arte, que por sinal é imprescindível para humanizar e suscitar novos olhares sobre a vida e os seres, sobre as percepções e os sentimentos, sobre ideais e conceitos.” Sidneia trabalhou como assessora de Imprensa do Tribunal de Justiça de Minas. Além de jornalista e poeta, é atriz. Ela participará da 3ª Flij com três livros: “Desarmadilha”, de 2019; “3 em Contos” (2021) e “Flor do Silêncio” (2022), que ela estará autografando na Casa da Floresta, no próximo dia 17, e também na Flij, dia 19.

A relação dos jornalistas que confirmaram presença na 3ª Flij é a seguinte, até o momento: Carla Madeira, Fernando Magaldi, Hila Rodrigues , Itamar José de Oliveira, JD Vital, Juliano C. Azevedo,  Juliene Silvério de Mattos Freitas, José Carlos Aragão, Laudeir Borges Rego, Luiz Eugênio Quintão Guerra (Genin Guerra), Manoel Botelho, Marcelo Freitas, Sulamita Esteliam, Ricardo Bandeira, Sidneia Simões e Vilma Fazito.

A 3ª Flij é uma iniciativa da Casa de Jornalista de Minas que visa valorizar as obras dos profissionais de imprensa mineiros, que, nos últimos anos, além de notícias e reportagens, produziram romances, contos, prosas, crônicas, poesias, investigações e outros gêneros que mostram a riqueza e a força que vem das palavras de quem vive, sobrevive e respira textos. Dar visibilidade e socializar essa produção é essencial e é o objetivo da 3ª Flij.

Podem participar da 3ª Flij jornalistas que tenham publicado em qualquer área da literatura – poesia, prosa, crônica ou livro reportagem, entre outros gêneros. A 3ª Flij é a retomada de projeto iniciado em 2010, quando ocorreu a 1ª edição e que teve continuidade em 2013.

Para participar

1.Preencha a ficha de inscrição. Podem ser lançadas no evento até cinco obras.

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScl0mjrqB85DB_5cedcMdbpHM0vLCX1j3nXFMhBNVLEMmeHRw/viewform

2.Contribua para a campanha de financiamento coletivo Casa de jornalista, Casa da Democracia, que visa, entre outros objetivos, a arrecadação de recursos para melhoria da infraestrutura da Casa. Parte do valor arrecadado pela FLIJ será usado para organização do próprio evento. Valor: R$ 50,00

https://evoe.cc/casadejornalistamg

Veja também

Filhos registram em livro a “Missão 82” do jornalista Rogério Perez

Em 2022 completam quarenta anos da Copa do Mundo de Futebol de 1982, realizada na ...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *