Carlos Barroso inaugura mostra “Deslocamento” na galeria da Assembleia

O poeta, artista visual e jornalista Carlos Barroso inaugura, na próxima segunda, 5, às 19h, na Galeria da Assembleia Legislativa/MG, a mostra “Deslocamento”. A exposição permanece no local até o dia 23 do mesmo mês. “Deslocar, significar, profanar”, define assim o escritor, ensaísta e professor (UFMG) Anelito de Oliveira, que responde pela Curadoria da exposição.

“Deslocamento” mostra instalações, ready-mades, objetos, quadros, esculturas, videopoemas, backlights, LEDs, e poemas visuais produzidos a partir de artefatos e ideias que buscam o inusitado, o verso e o controverso. São utilizados materiais do cotidiano nas obras, como vidros, metais, placas, lata de lixo, molas, gesso, blocos de construção etc., na procura de um potencial poético e artístico, por meio do experimentalismo e da provocação.
Trata-se de um trabalho originário da poesia independente (ou “marginal”), incorporado a lições apreendidas de vanguardas, entre elas o dadaísmo, o concretismo, a poesia visual, as artes plásticas, enfim, em uma busca multimídia que menospreza padrões e formalidades, sem abandonar, contudo, a estética.

“Poesia Descorpo” é uma das obras da mostra de Carlos Barroso, a partir de terça

Anelito de Oliveira avalia que a fonte dessa liberdade é a poesia e seus significados. “Mais que os rótulos, ‘Deslocamento’ nos coloca em face da produtividade de uma desrotulação. O que interessa, para evocar o poeta Décio Pignatari, é o que não está contido no que se apresenta. Na poesia interessa o que não é poesia”. Completa que o conjunto dos trabalhos aponta para a “arte política em sintonia clínica com o espaço público brasileiro ainda em ebulição.”

Ao enumerar algumas peças que integram a mostra, a professora (UFMG), poeta e ensaísta Vera Casa Nova diz que Descorpo, Picho, Beyoncé, History, Presuntos a Passarinho, entre outras, levam à necessidade de abrir os olhos ao que acontece à nossa volta. “Os poemas visuais fazem parte de uma experiência das imagens. Quando Carlos Barroso faz o seu objeto History no lixo, ele está produzindo sentidos, atravessados por questões históricas e filosóficas.”

Mostra Deslocamento / Carlos Barroso 

Local: Galeria da Assembleia Legislativa de Minas Gerais 

Data: de 5 a 23 de setembro de 2022 

Horário: de segunda à sexta-feira, entre 8 e 18 horas 

Endereço: Rua Rodrigues Caldas, 30 – Bairro Santo Agostinho 

 

Veja também

SJPMG e Casa lançam financiamento coletivo e manifesto pela democracia

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Minas Gerais (SJPMG) e a Casa de ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *