Boletim Covid 6 – Aumento expressivo dos casos de covid e da contaminação nos esgotos indica que situação epidemiológica vai se agravar ainda mais

A sexta edição do Boletim de Monitoramento do Comitê Popular de Belo Horizonte de Combate à Covid-19, divulgada nesta sexta-feira (08/07/22), destaca o crescimento acelerado da taxa de casos por cem mil habitantes (448/100 mil), que se aproxima dos piores índices da contaminação, registrados no auge da doença, quando esse número ultrapassou os 600. Alerta também para o aumento expressivo da contaminação dos esgotos da capital mineira, um sinal importante de alerta, pois as cargas virais no esgoto tendem a aumentar algumas semanas antes em comparação com o número de novos casos confirmados de COVID-19 . O aumento precoce nas cargas registradas no esgoto, alerta destaca o comitê, pode é um alerta para a situação epidemiológica que está por vir.

Em seu editorial, o boletim destaca que o Brasil tem uma das piores médias mundiais de mortes por milhão de habitantes, contrariando as expectativas iniciais que apontavam o país, com seu sistema universal de saúde robusto e capilarizado, em posição privilegiada para enfrentar pandemias, à frente da China, Cuba e Vietnam.
“Entretanto, quando observamos o que realmente aconteceu, tais expectativas não foram comprovadas. Em termos de mortes e casos por milhão, os três primeiros países ficaram bem acima da média mundial, com 8,07, 5,98, 5,32 e 1,32, respectivamente. Já os três últimos ficaram abaixo da média.”

O Comitê Popular de Combate à Covid em Belo Horizonte foi criado em função da dissolução, pela secretária de Saúde, do grupo criado em março de 2020 para acompanhar a evolução da epidemia, sistematizar dados e orientar a população e a área médica sobre o avanço da doença e medidas de contenção.

Confira a 6ª edição do Boletim

Clique aqui e acesse a edição nº 6 do Boletim

08/07/22

Veja também

Saiba como votar nas eleições da FENAJ; votação ocorre nos dias 26, 27 e 28 de julho

  Jornalistas profissionais poderão votar nos dias 26, 27 e 28 de julho, nas eleições ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *