Divulgados os nomes dos candidatos para compor a Comissão de Ética do Sindicato dos Jornalistas

Estão definidos os nomes das candidatas e dos candidatos que irão concorrer às vagas para compor a Comissão de Ética e Liberdade de Imprensa do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais (SJPMG). São eles: Aloisio Lopes, Eustáquio Trindade, Eneida da Costa, Monica Santos, Vera Godoi e Walter Freitas. Dos seis candidatos aprovados, segundo os critérios de inscrição do edital, publicado em 12 de novembro, cinco serão eleitos e irão exercer o mandato até o último dia de gestão da atual Diretoria do SJPMG, em 2023.

A eleição está marcada para o próximo dia 13 de dezembro, entre 11h e 18h, na sede do Sindicato, à Avenida Álvares Cabral nº 400, ou virtualmente conforme orientações que serão divulgadas pela Comissão Eleitoral, com apuração e divulgação oficial do resultado, a partir das 18h30. De agora em diante, os futuros mandatos de membros da Comissão de Ética serão coincidentes com os fixados para a Diretoria do Sindicato e serão eleitos juntamente com esse Colegiado sindical, a cada três anos.

A Comissão Eleitoral é formada por Alessandra Mello, presidenta do SJPMG; Marcelo Freitas, diretor de Formação Profissional e Saúde; Breno de Araújo e Rafael Werkema, ambos diretores de Comunicação. Esta comissão se encarregará de todo o processo eleitoral e, também, de dar posse aos eleitos, registrando tudo em ata própria. As normas regulamentadoras do pleito estão previstas no “Regimento Interno”, disponível no site do SJPMG (www.sjpmg.org.br).

Eleita e empossada, a Comissão de Ética e Liberdade de Imprensa se obrigará, conforme o respectivo Regimento Interno, a fixar um calendário de atividades e de reuniões ordinárias e extraordinárias, organizar seu arquivo e manter em ordem os documentos que receber, garantindo, durante seus trabalhos, o princípio do contraditório e de ampla defesa dos acusados por delitos éticos, no exercício da atividade jornalística.

Quem são eles?

Aloisio Lopes
Ex-presidente do SJPMG (2003 /2007). Graduado pela FAFI-BH, em 1994, trabalhou em assessorias de comunicação e em produções independentes para rádio e tv. Na comunicação pública, atuou em âmbito municipal e federal, além de ter sido membro do Conselho Curador da TV Minas (2016/2018). Na pós-graduação, desenvolveu pesquisa relacionada ao direito à informação na administração pública. Atua no Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação desde sua fundação.

Eustáquio Trindade
É jornalista por formação desde 1972, graduado pela UFMG. Pós-graduado em Mídias Digitais pela Prepes/PUC e Pedagogia e Ensino à Distância pela Newton Paiva. Atuou como repórter dos jornais Diário de Minas, Estado de Minas e Diário da Tarde; e como editor na TV Globo e jornal Diário de Casa. Foi professor dos cursos de jornalismo do Uni-BH e Newton Paiva.

Eneida da Costa
É jornalista desde 1979. Sindicalizada desde 1981, quando foi emitido seu diploma pela FAFICH, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Sindicalista ativa e militante, participou do primeiro ao último congresso do SJPMG. Foi diretora do Sindicato (1993 a 1999) e presidenta de 2011 a 2014.
Atualmente, servidora concursada da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), trabalha da TV ALMG. Antes trabalhou como assessora de imprensa e consultora de comunicação em entidades sindicais, prefeituras e órgãos públicos. Atuou como redatora em O Tempo, editora e chefa de reportagem na TV Globo Minas, editora chefa interina, editora, chefa de reportagem e produtora na TV Manchete.

Mônica Santos
É jornalista desde 1983, graduada pela FAFI-BH, e pós-graduada em Comunicação Social, também pela FAFI-BH, e em Responsabilidade Social e Empresarial, pela PUC Minas.
Foi repórter de Economia e Agronegócio do jornal Estado de Minas e foi professora dos cursos de Comunicação da FAFI-BH e PUC Minas. Atuou como assessora adjunta de comunicação da Secretaria de Meio Ambiente da Prefeitura de Belo Horizonte. Atualmente, exerce a função de gerente de comunicação da Associação das Indústrias Sucroenergéticas de Minas Gerais (SIAMIG). Foi diretora do SJPMG (2012/2014).

Vera Godoi
Formada em jornalismo pela FAFI-BH, em 1980. É pós-graduada pela PUC Minas em Comunicação Contemporânea e Informação Visual. Atuou por 23 anos como fotógrafa no jornal Estado de Minas. Lecionou, por 15 anos, a disciplina Fotojornalismo nas faculdades PUC Minas e Newton Paiva.

Walter Freitas
É jornalista desde 1992, graduado pela FAFI-BH. Também é graduado em Relações Públicas pela PUC e em Direito pelo UNI-BH. Tem especialização em Comunicação Empresarial, pela Newton Paiva. Atuou como repórter das editorias de cidades, esportes e política das rádios Mineira, Capital, Jovem Pan e, em televisão, da TV Minas. Também foi assessor de comunicação e imprensa do Detran-MG, apresentador de programa na rádio Autêntica Favela FM e chefe de comunicação da Secretaria de Segurança do Governo de Minas. Foi diretor de assuntos institucionais do SJPMG. Atualmente, é vice-presidente da Comissão de Liberdade de Expressão da OAB-MG.

Veja também

“É revoltante que uma mulher, jornalista, negra não esteja segura dentro dos estádios”, escreve estudante de jornalismo que teve seu trabalho cerceado no Mineirão

Ser mulher e ter o objetivo de atuar no mundo esportivo é um desafio que ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *