Repórter é impedida de trabalhar em agência da Caixa no Recife

Nota do Sinjope e da Fenaj.

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Pernambuco (Sinjope) e a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) repudiam o fato ocorrido nesta terça-feira (29/9) com a jornalista Simone Santos durante uma reportagem da TV Tribuna na agência da Caixa Econômica Federal no bairro de Casa Amarela, na Zona Norte do Recife. A repórter Simone Santos foi impedida de exercer sua função mesmo estando do lado de fora da agência durante o programa Ronda Geral. Ela mostrava ao vivo o sofrimento de dezenas de trabalhadoras e trabalhadores que tentam sacar o auxílio emergencial quando foi visivelmente constrangida por uma pessoa que seria funcionário do banco.

O Sinjope e a Fenaj acreditam sempre no bom jornalismo, aquele que exerce sua função social de ajudar as pessoas e não aceitará de maneira alguma que um profissional seja impedido de realizar o seu trabalho da forma como aconteceu na agência aqui no Recife. O sindicato vai solicitar esclarecimentos à Superintendência da Caixa Econômica Federal sobre o ocorrido.

Recife, 29 de Setembro de 2020.

Sinjope / Fenaj

 

(Publicado pela Fenaj.)

 

[39/9/20]

 

Veja também

Emissoras educativas mineiras migram da Rede Minas para a TV Cultura de SP

Emissoras de televisão educativas de Minas Gerais lideradas pela Associação Mineira de Rádio e Televisão ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *