Pesquisa vai ajudar Sindicato entender demandas dos jornalistas e estudantes. Participe!

Alunos da disciplina Empreendedorismo Digital da pós-graduação em Comunicação Digital do IEC da PUC Minas estão realizando uma pesquisa com jornalistas e estudantes de Jornalismo para compreender a percepção que eles têm do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais.

O SJPMG pede a todos os jornalistas e estudantes de Jornalismo que participem da pesquisa. Os resultados ajudarão o Sindicato a planejar a atuação da nova diretoria, que tomou posse em junho deste ano.

“A pesquisa vai possibilitar que o Sindicato conheça quem são os jornalistas mineiros em geral e os seus filiados, o que pensam e suas demandas. Será possível planejar as ações do Sindicato e trabalhar as relações com os jornalistas de forma mais precisa”, explica o diretor do SJPMG Marcelo Freitas.

São dois questionários – um para profissionais e outro para estudantes – que podem ser respondidos online. Eles contêm 15 e 14 perguntas, respectivamente, com respostas de múltipla escolha. Não leva nem cinco minutos para responder.

Clique AQUI para acessar o questionário para jornalistas.

Clique AQUI para acessar o questionário para estudantes.

Desafio

A pesquisa nasceu da participação de Marcelo Freitas em uma banca do curso pós-graduação em Comunicação Digital da PUC Minas, a convite do professor e jornalista Alysson Lisboa Neves. Marcelo propôs aos alunos o seguinte desafio:

“Existem em Minas, cerca de 15 mil jornalistas com registro profissional. Desse total, somente um quinto (3.110) é filiado ao Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Minas Gerais (SJPMG). Desse total de 3.110, um percentual pequeno (468, ou apenas cerca de 15%) está em dia com a contribuição sindical. O desafio é, na verdade, composto por dois desafios. O primeiro é de aumentar o número de jornalistas sindicalizados em 20%. O segundo desafio é o de, dentro da base de jornalistas sindicalizados, aumentar em 50% o percentual daqueles que estão em dia com a contribuição sindical, reduzindo-se a inadimplência”.

O desafio gerou o projeto de trabalho do grupo de alunos do curso.

“O objetivo do questionário é levantar, minimamente, as necessidades dos jornalistas que estão sindicalizados e dos que não estão. Queremos entender o que leva os profissionais a se associarem ou não”, explica Humberto Santos, um dos alunos da pós-graduação em Comunicação Digital da PUC Minas que participam da pesquisa. “A ideia é tentar, a partir das respostas, criar um plano de ação para resgatar o Sindicato como um ponto de apoio e referência dos profissionais. Isso passar por aumentar o número de sindicalizados adimplentes”, acrescenta.

Marcelo Freitas observa que os objetivos numéricos do projeto — aumentar o percentual de sindicalização e de jornalistas pagantes — são importantes nesse momento crítico que o SJPMG atravessa, assim como os sindicatos de trabalhadores brasileiros em geral.

“Mas o ganho maior a ser ressaltado é o de o Sindicato conhecer melhor a categoria. Com isso, ele tem condições de trabalhar com mais precisão as demandas da categoria, inclusive descobrindo demandas ocultas”, ressalta.

[27/8/20]

 

Veja também

ALMG tem surto de covid depois de convocar todos os terceirizados, muitos sem direito a plano de saúde

Já são seis trabalhadores da área de comunicação da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (quatro ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *