Coletiva nesta quinta 6/2: demissões em massa na Dataprev vão ampliar colapso nos serviços do INSS

O Sindicato dos Trabalhadores em Tecnologia da Informação de Minas Gerais (Sindados MG) e o SJPMG convidam veículos de comunicação e jornalistas para entrevista coletiva nesta quinta-feira 6/2, às 14h, na Casa do Jornalista (Avenida Álvares Cabral, 400, Centro, BH). Dirigentes do Sindados estarão à disposição para fornecer informações sobre a greve nacional dos trabalhadores da Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev), estatal responsável pela gestão da base de dados sociais brasileira, especialmente os sistemas do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS).

No dia 28/1, os empregados públicos da Dataprev decretaram greve nacional, por tempo indeterminado, contra o anúncio feito pela direção da empresa de fechamento de 20 regionais e demissão em massa de seus trabalhadores. Ao todo, 497 servidores, que representam cerca de 15% do efetivo da estatal, estão sob risco de demissão.

O fechamento das regionais e a demissão em massa dos trabalhadores aprofundarão ainda mais o colapso na prestação de serviços pelo INSS. A Dataprev é responsável por processar cerca de R$ 50 bilhões em benefícios do INSS por mês, cerca de 8% do PIB nacional.

A mobilização dos trabalhadores já atinge as 27 regionais da Dataprev, no Distrito Federal e nos 26 estados, em resposta ao ataque sem precedentes contra a estatal.

Entre os absurdos cometidos pela atual direção da Dataprev está a retirada das senhas de acesso dos funcionários ao sistema, deixando-os sem trabalho. Em Minas, os trabalhadores atendem pelo telefone 0800.

[5/2/20]

 

Veja também

Presidente Bolsonaro promove 245 ataques contra o jornalismo no primeiro semestre

A Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) divulga nesta quinta-feira, 2 de julho, dados atualizados sobre ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *