Sindicato dos Jornalistas do Rio e Fenaj denunciam censura pelo Judiciário

Nota de Repúdio

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro e a Federação Nacional dos Jornalistas veem com extrema preocupação a retirada de matérias jornalísticas publicadas no portal Eu, Rio!, a pedido da direção da Santa Casa do Rio de Janeiro. Na série de matérias, mulheres submetidas a cirurgias plásticas no referido hospital denunciam ter sido vítimas de maus tratos e de terem sofrido sequelas em decorrência do atendimento prestado a elas.

O desembargador Edson Vasconcelos, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, determinou que o portal removesse as reportagens. Em sua decisão, o desembargador do TJRJ acolheu pedido do médico Francesco Mazzarone, chefe da equipe do Instituto de Cirurgia Plástica do Rio de Janeiro, empresa terceirizada responsável pelo atendimento aos pacientes de cirurgia plástica na Santa Casa, e presidente do Instituto Ivo Pitanguy.

O fato é grave, pois a retirada das reportagens, sob o argumento de que não se trata de material jornalístico, ocorre por tutela antecipada, portanto sem que o processo tenha sido sequer julgado. Pior: a decisão impõe ainda multa diária de R$ 100 mil se o material permanecesse no ar.

A nosso ver, isso não só cria obstáculos ao livre exercício profissional como flerta perigosamente com a censura. Os jornalistas, autores das matérias, nada mais fizeram que dar voz às denunciantes e buscaram por diversas vezes ouvir a Santa Casa, exatamente como estabelece o Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros.

Infelizmente, todas as tentativas feitas junto ao hospital, foram frustradas.

O SJPMRJ e a Fenaj esperam que a Justiça aja no sentido revogar tal decisão, assegurando o respeito ao livre exercício do jornalismo, sem qualquer tipo de censura.

Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro

Federação Nacional dos Jornalistas

(Publicado pela Fenaj.)

 

#LutaJornalista

#SindicalizaJornalista

[17/12/19]

 

Veja também

Prêmio Vladimir Herzog exclui foto atendendo pedido de povo indígena

Por Júlio Lubianco, LatAm Journalism Review, 28/10/20 Numa decisão atípica, o júri do Prêmio Vladimir ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *