TV Alterosa atrasa salários de outubro

A TV Alterosa não pagou os salários de outubro dos seus trabalhadores. O depósito deveria ter sido feito até ontem, 7/11, quinto dia útil após o mês trabalhado, mas até a publicação desta matéria o pagamento não tinha sido feito.

O jornal Estado de Minas depositou os salários dos jornalistas, mas não pagou o pessoal da administração nem os gráficos.

O atraso dos salários se tornou recorrente nas empresas dos Diários Associados em Minas. E é seletivo; no mês passado, gráficos receberam na data certa, os jornalistas receberam apenas 30% e os empregados da administração, nada. Na administração, muitos não tinham recebido nem o salário de agosto.

A mobilização dos jornalistas, com paralisações e ampla divulgação nas redes sociais, deu resultado e a empresa pagou os salários no dia 16/10, com 11 dias de atraso. Este mês o pagamento foi feito no último dia legal.

A preocupação dos trabalhadores permanece em relação à primeira parcela do 13º, que vence no dia 30/11. Uma assembleia já está marcada para a primeira semana de dezembro, caso haja atraso.

A presidenta do SJPMG, Alessandra Mello, e o presidente do Sindicato dos Empregados na Administração de Jornais e Revistas, Marco Antônio Jacob, encaminharam ao procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho em Minas, Arlélio de Carvalho Lage, um documento detalhando os problemas enfrentados pelos trabalhadores dos Diários Associados.

Em 2016 a empresa impôs uma redução salarial de 30% aos trabalhadores. A Justiça já julgou essa redução ilegal, mas os Associados Minas ainda não pagaram nem disseram como vão pagar essa dívida trabalhista.

Sem pagar não dá para trabalhar.

#LutaJornalista

#SindicalizaJornalista

[8/11/19]

 

Veja também

SJPMG convoca jornalistas para plenária em defesa da profissão

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais convoca os jornalistas para participarem de plenária ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *