Sindicato lamenta o falecimento de Son Salvador

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais manifesta seu pesar pelo falecimento de Gerson Salvador Pinto, o Son Salvador, chargista e colunista do Jornal Estado de Minas.  Son, que tinha 70 anos,  faleceu na madrugada deste sábado 23/11, no hospital Vila da Serra, onde estava internado para tratamento de problemas respiratórios. O velório será a partir de 11h e o sepultamento às 17h, ambos no Cemitério Bosque da Esperança.

Son deixa a viúva Francisca Pinto, os filhos Gerson e Frances, os netos Davi e Samuel, além de um imenso legado para o jornalismo esportivo e humor de Minas Gerais.  Ele começou a trabalhar nos Diários Associados aos 27 anos. Primeiro no Diário da Tarde e depois no Estado de Minas. Antes, atuou como ilustrador e chargista do jornal do Sindicato dos Bancários.

A partir de 2007, comandou o programa de esportes  Aqui Esportes, da TV Horizonte, que liderava a audiência da emissora. Lá dividia a bancada com diversos jornalistas, entre eles: Poliana Andrade, Ivan Drummond, Daniel Seabra, Kelen Cristina, Paulo Galvão, Roger Dias, Leonardo Figueiredo, Antônio Melane, Arnaldo Viana e Patrícia Trindade.

O Estado de Minas lembra que Son era também baterista e gostava de ouvir clássicos nacionais e internacionais. “Sua irreverência e bom humor ele deu como contribuição para a Banda Mole, um dos mais tradicionais blocos carnavalescos da capital mineira, o qual ele ajudou a fundar”, destaca o jornal.

“Era também um ótimo companheiro de trabalho, sempre gentil, bem humorado e cheio de prosa. Uma perda enorme para o jornalismo e para os amigos a sua partida. Vá em paz, Son”, escreveu a presidenta do Sindicato dos Jornalistas, Alessandra Mello.

(Crédito das fotos: Jair Amaral/Estado de Minas e  Françoise Imbroise/Estado de Minas.)

Veja aqui uma galeria com fotos e charges de Son Salvador

Escute aqui um podcast do Estado de Minas sobre a trajetória de Son Salvador

 

 [23/11/19]

Veja também

Atingidos pela Samarco dão entrevista coletiva nesta sexta 6/12 sobre contaminação da água, do ar e do solo

Moradores de comunidades atingidas pela lama da Samarco (Vale e BHP), de Mariana e de ...

2 comentários

  1. Preciso regularizar minha inadimplência com meu Sindicato.

    Estou em Capitão Enéas, no Norte de Minas.

  2. Nossa turma está mais triste
    pois perdeu o bom humor;
    entre nós não mais existe
    o nosso Son Salvador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *