MAB convoca fotógrafos e cineastas para compartilhar imagens sobre os crimes de Mariana e Brumadinho

O Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) abriu convocatória para fotógrafos, fotógrafas e cineastas do Brasil e do mundo compartilharem seus trabalhos sobre a vida e os crimes nas bacias do Rio Doce e Paraopeba, além dos municípios atingidos pela ameaça de rompimento, como Barão de Cocais, Itatiaiuçu, Congonhas e outros.

A convocatória faz parte da “Jornada de Luta dos Atingidos – A Vale destrói, O Povo Constrói”, que o MAB realiza em Minas Gerais, Espírito Santo e em todo o país, para marcar os quatro anos do crime da Vale / Samarco / BHP em Mariana (5 de novembro) e um ano do crime da Vale em Brumadinho (25 de janeiro).

Denominada “Minas que me feres – dos crimes à resistência”, a convocatória contempla três modalidades: Foto Individual, Ensaio Fotográfico e Curta-metragem.

O prazo termina no dia 9/10/19.

Para informações clique AQUI.

Inscrição: https://digite.me/mab/.

 

#LutaJornalista

#SindicalizaJornalista

[1/10/19]

 

Veja também

Para militares, aposentadoria terá salário integral, sem idade mínima

O Senado aprovou nesta quarta-feira 4/12 a reforma da Previdência militar, que contempla todos os ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *