Nota de falecimento: Luiz Sérgio Lindenberg Nacinovic (“Guerra”)

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais comunica o falecimento do jornalista Luiz Sérgio Lindenberg Nacinovic, conhecido como “Guerra”. Ele sofreu um enfarte na manhã de quinta-feira. O velório será neste sábado 10/8, a partir das 8h, no Cemitério do Bonfim. O corpo será cremado às 14h, no Cemitério Parque Belo Vale (Avenida Adair de Souza, 20, Belo Vale https://cemiteriobelovale.com.br/como-chegar/ ), em Santa Luzia.

Guerra foi socorrido pelo motorista de táxi Paulo, que o atendia regularmente e era seu amigo. Ele contou que esta semana já tinha levado Guerra ao hospital Madra Teresa, na segunda-feira, e ao hospital da Unimed, na quarta-feira, voltando depois para casa. Na manhã seguinte, ao entrar no apartamento, localizado no Caiçara e do qual tinha a chave, encontrou o amigo morto.

Guerra morava sozinho e tinha companhia de uma cuidadora, durante o dia, desde o falecimento da sua esposa, a também jornalista Luciene Takahashi, em maio de 2016. Seus familiares moram no Rio de Janeiro. Ele sofria da coluna e tinha problemas de locomoção. Em julho de 2017 esteve no SJPMG pela última vez, visitando o Bazar dos Jornalistas, a convite da amiga Alessandra Mello (foto).

Guerra nasceu em 1950. Trabalhou nos jornais Hoje em Dia e O Tempo, como rádio escuta. Era colecionador de discos em vinil e CD.

[9/8/10]

Veja também

Atingidos pela Samarco dão entrevista coletiva nesta sexta 6/12 sobre contaminação da água, do ar e do solo

Moradores de comunidades atingidas pela lama da Samarco (Vale e BHP), de Mariana e de ...

5 comentários

  1. Cara Alessandra. Ele trabalhou também no Hoje em Dia. Lá o conheci. E na fundação de O Tempo o convidei para nos ajudar, o que ele prontamente aceitou. Foi importantíssima sua passagem pelos 2 veículos. Muito competente e leal.
    Um abraço…

  2. Jair Tadeu da Fonseca

    Descane em paz, Guerra!

  3. Estou de luto! Guerra era um querido colega – amigo. Paz para sua alma generosa e digna. Muita luz no Reino de Deus, Guerra! Apenas uma correçao::ele trabalhou foi no jornal HOJE EM DIA. Foi lá que o conheci junto com a inesquecivel Luciene, grande repórter, quando lá trabalhei, década de 1990.vou despedir-me dele,

  4. José Antônio Bicalho

    Guerra! Cara finíssimo, gente boa, tranquilo, ótimo papo!!!! Muito triste!

  5. Guerra foi diretor da Rádio Antena 1 e redator da Rádio Extra FM.

    Tive o prazer de trabalhar com ele e com a Luciene Takahashi. Ele foi o responsável pela minha ida a Belo Horizonte.

    Brother!!

Deixe uma resposta para Jair Tadeu da Fonseca Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *