Jornalismo Popular é tema de curso no Sindicato

As inscrições para a aula sobre Jornalismo Popular estão abertas. O curso será no sábado, 10 de agosto, de 13h30 até 16h30 e integra o Curso Jornalismo e Democracia – ideias para enfrentar a crise promovido pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais.

O curso será ministrado pela editora do Brasil de Fato em Minas Gerais, Joana Tavares e por Talles Lopes, integrante da coordenação nacional do Mídia Ninja.

Para Joana, jornalismo popular é o jornalismo feito do ponto de vista dos trabalhadores e do povo. “As pessoas podem se apropriar da técnica e contar suas próprias histórias. As empresas comerciais de comunicação têm seus interesses, defendem um modo de a sociedade funcionar, e por isso constroem uma visão de mundo que atenda a esse olhar”, explica Joana, que também já atuou na assessoria de comunicação do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

Joana destaca que as empresas comerciais de comunicação não são as únicas a retratar a realidade e nem têm o monopólio da voz pública. “Mesmo que com alcance menor – por motivos também estruturais, como a desigualdade econômica – trabalhadores organizados em movimentos populares, partidos políticos, sindicatos e outros grupos também investem em comunicação”, afirma.

No curso, Joana vai discutir essas questões e trazer experiências concretas de fazer jornalismo popular, a partir da história do Brasil de Fato.

Talles, da Mídia Ninja, vai destacar o ativismo digital e os desafios para o jornalismo popular com as inovações tecnológicas. “As novas ferramentas digitais transformaram a relação com o público (leitor/ouvinte/telespectador) e criaram dinâmicas e novos espaços para a disputa narrativa e de opinião. A comunicação popular tem uma importância histórica para movimentos sociais e na luta pelo avanço dos direitos na sociedade moderna”, afirma.

Ideias para enfrentar a crise

O curso Jornalismo e Democracia: ideias para enfrentar a crise é uma realização do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais; destinado a jornalistas e estudantes de jornalismo, tem apoio da UNA e dá direito a certificado.

A aula inaugural aconteceu na sexta-feira 14 de junho, com palestras dos jornalistas João Paulo e Leonardo Sakamoto (clique AQUI para ler matéria sobre a palestra do Sakamoto e AQUI para ler matéria sobre a palestra do João Paulo).

O primeiro módulo do curso foi realizado no sábado 15 de junho, com aulas sobre jornalismo investigativo e radiojornalismo. O segundo foi em 6 de julho, com aulas de cobertura política e fotojornalismo.  Webjornalismo e Cobertura Esportiva integraram o terceiro módulo, em 20 de julho.

No sábado (10 de agosto), além do curso de Jornalismo Popular haverá o curso de Cobertura Econômica de 9h30 até 12h30.

A inscrição pode ser feita separadamente para cada tema. O curso terá mais três módulos com seis temas.

Grandes Reportagens (longform) e Jornalismo Cultural  –  24 de agosto
Telejornalismo e Como deixar a redação e empreender – 14 de setembro
Assessoria de imprensa e O que é preciso para ser um bom repórter? – 28 de setembro

Informações

  • Confira a página do curso: http://www.sjpmg.org.br/jornalismo-e-democracia-ideias-para-enfrentar-a-crise/
  • Todos os professores são voluntários e atuam dessa maneira para ajudar o Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais (SJPMG).
  • A arrecadação do curso será integralmente dedicada ao SJPMG.
  • Estudantes devem apresentar um comprovante de matrícula.
  • O certificado será enviado por e-mail.
  • O certificado será assinado pelo SJPMG e pela UNA.
  • A aula custa R$ 50 para estudantes e jornalistas sindicalizados em dia. Para os demais custa R$ 80.

Formas de pagamento

Dúvidas

e-mail: cursojornalismosindicato@gmail.com

whatsapp: (31) 9-9892-8019 ou (31) 9-8689-3661

#LutaJornalista

#SindicalizaJornalista

[30/7/19]

Veja também

Cobertura Cultural é tema de curso no Sindicato

As inscrições para a aula sobre Cobertura Cultural estão abertas. O curso será no sábado, 24 de ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *