Comunidade de Vale das Cancelas, no Norte de Minas, protesta contra projeto de mineroduto

Moradores do distrito de Vale das Cancelas, no município de Grão Mogol, fizeram no sábado 16/2 um protesto contra o projeto de mineroduto da Sul-Americana de Metais (SAM). O projeto pretende desviar água do Alto Rio Pardo de Minas para transportar minério até o Porto de Ilhéus, na Bahia.

Os manifestantes protestaram contra a ameaça ao ambiente e à comunidade representada pelo mineroduto e criticaram o apoio do deputado federal Marcelo Freitas (PSL) e do secretário de Desenvolvimento Econômico de Montes Claros, Edilson Carlos Torquato, ao projeto. No dia 15/2/19, o deputado publicou o seguinte texto na sua página no Facebook:

“Dia realmente muito produtivo. Estive também reunido com os diretores da empresa SAM Mineração. Esta grande empresa, que pretende investir no Norte de Minas mais de 2 bilhões e 100 milhões de dólares, trará novas tecnologias e milhares de empregos para nossa região. Faremos o possível para viabilizar este investimento em nossa região sem descuidar da fiscalização, a fim de que as obras sejam realizadas com total segurança.”

Segundo o jornalista João Renato Diniz Pinto, diretor Regional Norte do SJPMG, depois dos crimes cometidos pela mineradora Vale em Mariana e Brumadinho, e de todas as ameaças de rompimentos de barragens que os mineiros vêm sofrendo, a comunidade do Vale das Cancelas já não acredita no discurso de geração de empregos e avanço tecnológico, muito menos no de “total segurança”.

“Todos nós sabemos do potencial destruidor que a mineração é capaz de carregar em sua atividade gananciosa”, escreveu o jornalista. “Queremos nossa vida a salvo e o meio ambiente preservado, sem as picuinhas que envolvem o poder público e privado nas negociações minerárias. Mineração aqui, não!”

(Com informações e foto de João Renato Diniz Pinto.)

#LutaJornalista

#SindicalizaJornalista

[22/2/19]

Veja também

Câmara de Aracaju aprova exigência de diploma para jornalistas no poder público municipal

A Câmara Municipal de Aracaju (SE) aprovou por unanimidade nesta quarta-feira 21/10, em sessão remota ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *