Trabalhadores fazem nova greve no jornal Estado de Minas

Os trabalhadores da administração do jornal Estado de Minas decidiram hoje em assembléia a entrar novamente de greve. Eles exigem o pagamento do salário que deveria ter sido quitado ontem e o retorno do plano de saúde, cancelado no início deste mês. Hoje o jornal pagou todos os repórteres e gráficos e deixou de fora editores e todos os trabalhadores da administração.

Todos os meses os editores têm recebido com atraso. Em dezembro, eles receberam no dia 28. Nesse mesmo mês, os vencimentos da administração foram quitados nos dias 19 e 20, depois de três dias de paralisação com adesão maciça da categoria. O décimo terceiro também foi pago em atraso para todos os trabalhadores no fim de dezembro, depois de passado o Natal.

A situação no jornal é de revolta não só pelos atrasos constantes de salários, não pagamento de férias, não recolhimento do Fundo de Garantia Por Tempo de Serviço (FGTS), não fornecimento de vale-refeição, redução salarial, mas principalmente por causa dos planos de saúde e odontológico.

É que são muitos os casos de trabalhadores ou parentes doentes ou em tratamento que não conseguem atendimento e nem continuidade do tratamento. Há casos de trabalhadores aguardando cirurgia e até mesmo tratamento quimioterápico. Para agravara a insatisfação, mesmo com o plano cancelado os descontos das mensalidades continuam ocorrendo nos contracheques.

De acordo com um dos diretores do Sindicato dos Trabalhadores da Administração em Jornais e Revistas, Rodrigo do Carmo, disse que vários trabalhadores procuraram atendimento e foram informados oficialmente pela própria operadora Promed que foi cancelado. A empresa, por meio de alguns gestores, nega , mas ninguém consegue atendimento. “É mentira da empresa. O plano está cancelado e temos protocolo oficial da operadora informando isso para os pacientes que procuram atendimento”. Segundo o dirigente, mesmo que o salário caia na conta ainda hoje a paralisação vai ser mantida em forma de protesto contra a suspensão do plano.

Leia também:

Trabalhadores do EM interrompem greve; sexta-feira 21/12 haverá assembleia conjunta com jornalistas e gráficos

#LutaJornalista

#SindicalizaJornalista

[08/01/19]

Veja também

Greve dos trabalhadores do Estado de Minas é mantida

Reunidos em mais uma assembleia na porta do jornal Estado de Minas, no bairro Funcionários, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *