Greve no Diário do Comércio completa quatro dias

O Diário do Comércio não depositou o pagamento devido aos seus trabalhadores e eles decidiram continuar em greve, que completou quatro dias nesta quinta-feira 6/12. Uma nova assembleia está marcada para amanhã, às 14h.

A expectativa é que a empresa cumpra a promessa de pagar o salários de novembro, cujo prazo legal — o quinto dia útil do mês seguinte — vence nesta sexta-feira 7. Eles querem também o pagamento de pelo menos 20% dos salários atrasados para voltar ao trabalho.

O jornal deve aos trabalhadores os salários de outubro, que deveriam ter sido pagos até 5 de novembro, e a primeira parcela do 13º, que venceu no dia 30/11. Parte dos salários de setembro, que também estava atrasada, foi paga na segunda-feira passada, primeiro dia da paralisação.

A greve tem adesão de 100% da redação e de partes dos trabalhadores da administração e dos gráficos. Com a paralisação da redação, a edição impressa do jornal não circulou esta semana.

Outras notícias da greve no DC:

Diário do Comércio não paga e greve continua

Greve no Diário do Comércio continua

Jornalistas do Diário do Comércio entram em greve

Diário do Comércio: Sindicato convoca assembleia nesta sexta 30/11 para deliberar sobre greve

(Na foto, trabalhadores do DC reunidos em greve. Crédito da foto: Rogério Hilário.)

#LutaJornalista

#SindicalizaJornalista

[6/12/18]

Veja também

Estado de Minas: Empregados da administração decidem fazer greve

Em assembleia realizada na tarde desta quinta-feira 13/12, os empregados na administração do jornal Estado ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *