Sindicato abre inscrições para o 11º Prêmio Délio Rocha de Jornalismo de Interesse Público

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais abriu nesta terça-feira 13/11 as inscrições para o 11º Prêmio Délio Rocha de Jornalismo de Interesse Público. Os objetivos do prêmio são estimular, divulgar e prestigiar os trabalhos de interesse público produzidos pelos jornalistas em Minas Gerais.

O 11º Prêmio Délio Rocha de Jornalismo de Interesse Público é uma realização do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais, com patrocínio da Unimed BH, em parceria com AeStudio Imagemn & Som e Viveiros Editoração e Publicidade.

Uma nova categoria foi incluída no prêmio deste ano: Assessoria de Imprensa. As outras são: Reportagem Impressa, Reportagem Fotográfica, Reportagem de Rádio, Reportagem de Televisão e Reportagem de Estudante de Jornalismo.

Podem concorrer reportagens feitas por profissionais associados ao SJPMG e estudantes matriculados em cursos de jornalismo de Minas Gerais veiculadas no período de 1º de janeiro de 2017 a 30 de setembro de 2018, que preencham um ou mais dos critérios de interesse público previstos no regulamento. As inscrições vão até o dia 31 de janeiro de 2019.

Quem foi Délio Rocha, que dá nome ao prêmio 

O Prêmio Délio Rocha de Jornalismo de Interesse Público foi criado pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais em 2007 para reconhecer reportagens publicadas por jornalistas mineiros cujo conteúdo têm grande relevância social. A partir de 2008 o prêmio passou a homenagear, no nome, o jornalista e sindicalista Délio Rocha, profissional admirado e querido, que faleceu no dia 15 de agosto daquele ano.

Délio Rocha era então vice-presidente do Sindicato, na gestão presidida por Aloísio Morais. Foi vítima de um aneurisma da aorta, dois meses antes de completar 68 anos. Deixou viúva e dois filhos. Velado na Casa do Jornalista, seu corpo foi sepultado no Cemitério Parque Renascer.

Exemplo de ética, profissionalismo e dignidade, na definição de colegas, Délio Rocha destacava-se na militância do jornalismo independente, a serviço dos interesses públicos, motivação do prêmio que leva o seu nome. Como jornalista, atuou no Diário de Minas, Estado de Minas, O Sol, Jornal dos Sports, Diário do Comércio e Folha de S.Paulo. Foi ainda editor do jornal Pauta, do Sindicato, nas gestões presididas por Aloísio Lopes (2002-2007).

Sindicalista aguerrido, Délio Rocha ingressou no Sindicato na década de 1960. Participou de diversas diretorias, a primeira delas aquela liderada pelo presidente Dídimo Paiva (1975-1978), da qual foi secretário-geral, e que representou um marco na história da entidade, por sua postura de resistência à ditadura militar e defesa intransigente da liberdade de imprensa e da democracia. Foi também vice-presidente Regional Sudeste da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj).

Famoso por sua memória precisa da história política brasileira, Délio Rocha foi também assessor de imprensa do ex-presidente Tancredo Neves na campanha deste para governador de Minas, em 1982. Trabalhou ainda, também como assessor de imprensa, no Ministério da Agricultura e na Prefeitura de Belo Horizonte, na qual se aposentou.

Clique aqui para ler o regulamento.

Clique aqui para acessar a ficha de inscrição.

 

Na foto abaixo, Délio Rocha toma posse como vice-presidente do Sindicato, em 2008. (Crédito da foto: Osvaldo Afonso.)

 

#LutaJornalista

#SindicalizaJornalista

[13/11/18, atualizado em 14/11/18.]

Veja também

Estado de Minas: Empregados da administração decidem fazer greve

Em assembleia realizada na tarde desta quinta-feira 13/12, os empregados na administração do jornal Estado ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *