Reconhecimento aos jornalistas de assessoria é novidade no 11º Prêmio Délio Rocha

Lançado no dia 13 deste mês, o 11º Prêmio Délio Rocha de Jornalismo de Interesse Público tem como novidade o reconhecimento dos jornalistas assessores de imprensa e de comunicação. Profissionais que atuam nessa atividade poderão inscrever seus trabalhos nessa categoria específica do prêmio. A intenção é valorizar os jornalistas de assessorias, parcela expressiva da categoria.

“O Sindicato vem se esforçando para se aproximar cada vez mais dos trabalhadores que representa, inclusive os jornalistas que trabalham em assessorias de comunicação, que já são a maioria na profissão”, disse o diretor Adriano Boaventura. “A criação da categoria Assessoria de Imprensa num prêmio tão importante como o Prêmio Délio Rocha é o primeiro passo para isso”, explicou.

Embora sejam maioria entre os jornalistas, os profissionais que atuam em assessorias estão dispersos, o que torna o contato com o Sindicato mais difícil. Além disso, o sindicato patronal com o qual o Sindicato dos Jornalistas negociava anualmente as Convenções Coletivas de Trabalho (CCT) não existe mais.

Como nas demais categorias, o 11º Prêmio Délio Rocha vai premiar os profissionais, não os veículos, instituições ou empresas. Caso haja mais de um jornalista inscrito em um trabalho, todos eles deverão ser sindicalizados e estar em dia com a anuidade ou mensalidade do SJPMG.

Seis categorias

O Prêmio Délio Rocha de Jornalismo de Interesse Público foi criado em 2007 pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais. Desta vez ele tem patrocínio da Unimed BH e parcerias com AeStudio Imagemn & Som e Viveiros Editoração e Publicidade.

Os objetivos do prêmio são estimular, divulgar e prestigiar os trabalhos de interesse público produzidos pelos jornalistas em Minas Gerais. No seu nome, ele homenageia o jornalista e sindicalista Délio Rocha, profissional querido e respeitado, que faleceu em 2008.

Ao todo são seis categorias: Reportagem Impressa e de Internet, Reportagem Fotográfica, Reportagem de Rádio, Reportagem de Televisão e Reportagem de Estudante de Jornalismo, além da nova categoria Assessoria de Imprensa.

Podem concorrer reportagens feitas por profissionais associados ao SJPMG em dia e estudantes matriculados em cursos de jornalismo de Minas Gerais veiculadas no período de 1º de janeiro de 2017 a 30 de setembro de 2018, que preencham as condições do regulamento.

As inscrições vão até o dia 31 de janeiro de 2019.

Clique aqui para ler o regulamento do prêmio.

Clique aqui para acessar a ficha de inscrição.

#LutaJornalista

#SindicalizaJornalista

[22/11/18]

 

Veja também

Estado de Minas: Empregados da administração decidem fazer greve

Em assembleia realizada na tarde desta quinta-feira 13/12, os empregados na administração do jornal Estado ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *