Diário do Comércio: Sindicato convoca assembleia nesta sexta 30/11 para deliberar sobre greve

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais convoca os jornalistas do Diário do Comércio para uma assembleia nesta sexta-feira 30/11, às 15h, na empresa, para deliberar sobre deflagração de greve.

O objetivo é reivindicar o pagamento dos salários de outubro e do adiantamento dos salários de novembro, que deveria ter sido pago no dia 15. Além disso, o jornal não está recolhendo o FGTS há meses nem paga o abono de férias.

A convocação da assembleia foi decidida em reunião realizada pelo Sindicato com os trabalhadores nesta quarta 28/11. Caso a situação dos pagamentos não seja regularizada, os jornalistas poderão decidir paralisar o trabalho a partir de segunda-feira 3/12.

Desrespeito aos direitos trabalhistas

O desrespeito do DC aos direitos dos seus empregados não é novidade. Em outubro, o jornal demitiu cinco trabalhadores e não pagou a verba rescisória e nem mesmo o salário do mês trabalhado. Em mediação realizada no Ministério do Trabalho, representantes do jornal confirmaram que a empresa não vai honrar o pagamento.

Em março deste ano, a 14ª Vara da Justiça do Trabalho de Belo Horizonte condenou o diário por não recolher o FGTS dos seus jornalistas. O jornal também foi condenado a pagar multa equivalente a 50% do salário de cada empregado pago no final das vigências das Convenções Coletivas de Trabalho de 2012 a 2017, por desrespeito à lei que determina o recolhimento do FGTS.

Em 2016, os jornalistas do DC caíram na malha fina da Receita Federal, porque a empresa descontou o imposto de renda na fonte mas não o repassou à Receita.

#LutaJornalista

#SindicalizaJornalista

[28/11/18]

Veja também

Estado de Minas: Empregados da administração decidem fazer greve

Em assembleia realizada na tarde desta quinta-feira 13/12, os empregados na administração do jornal Estado ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *