Livro sobre a ‘Turma do Ex-’ mostra a vigorosa imprensa alternativa que resistiu à ditadura militar

A historiadora Dalva Silveira lança no dia 18/10, quinta-feira, a partir das 19h, na Churrascaria Farroupilha (Avenida Olegário Maciel, 1.801), em Belo Horizonte, o livro De Realidade a Caros Amigos: a Turma do Ex-, imprensa alternativa e seu legado (Editora Letramento).

O livro conta a história do jornal Ex-, publicado em meados dos anos 70 por um grupo de jornalistas de primeira linha insatisfeitos com a imprensa tradicional. Eles fundaram uma editora, Arte & Comunicação, que publicou alguns períodicos cuja qualidade ainda hoje não foi superada: o jornal de quadrinhos Grilo, a revista Bondinho e o Ex-, entre outros títulos.

Tabloide, mensal, Ex- durou 16 edições e publicou reportagens que marcaram a imprensa brasileira, com a primeira matéria sobre o cantor e compositor Geraldo Vandré, depois de sua volta do exílio; uma reportagem sobre Cuba, do jornalista Fernando Morais, que daria origem ao livro A Ilha; e a única reportagem da imprensa nacional sobre o assassinato do jornalista Vladimir Herzog no Doi-Codi paulistano, em outubro de 1975.

Esta última, escrita e publicada no calor dos acontecimentos, provocou o fechamento do jornal pela ditadura. Os editores ainda lançaram o Mais Um, um jornal semelhante ao Ex-, que também foi censurado e não passou da primeira edição.

Graduada pela UFMG, Dalva é mestre e doutora em Ciências Sociais pela PUC-SP. Foi durante a pesquisa de mestrado, que resultou no seu primeiro livro (Geraldo Vandré: a vida não se resume em festivais, Editora Fino Traço), que ela conheceu o Ex-.

A historiadora explica que o nome do jornal se deve ao fato de sua equipe ser formada por jornalistas conhecidos pelas publicações nas quais tinham trabalhado: ex-Realidade, ex-Jornal da Tarde – excelentes publicações da grande imprensa – e também publicações alternativas falidas ou fechadas pelo governo militar, como a própria revista Bondinho. Em 1997, Sérgio de Souza, um dos fundadores do grupo e do jornal Ex-, lançou a revista Caros Amigos, ainda em circulação.

Ao contar a história da turma do Ex-, o livro de Dalva Silveira mostra a importância da imprensa alternativa, que oferece ao leitor pontos de vista diferentes da imprensa tradicional, inclusive modos de fazer jornalismo originais e criativos, como é o caso do excepcional Ex-. Como documento histórico, o livro retrata a marginalização dos jornalistas numa época sombria do país, de censura prévia, AI-5 e governo militar autoritário – situação que parecia superada, mas volta a assombrar o Brasil em 2018.

 

#LutaJornalista

#SindicalizaJornalista

[15/10/18]

Veja também

Trabalhadores de emissora pública mineira querem volta ao teletrabalho por causa de explosão de casos de covid

Os trabalhadores da Rádio Inconfidência têm vivido dias de muita angústia, em razão de iminente ...

2 comentários

  1. Má. Graças Araujo

    Tema interessante e importante que deve estar sempre em pauta pois a realidade, a história é cíclica. O passado sempre nos ronda, se tivermos uma análise crítica sobre ele, talvez possamos enfrentar com mais sustentação o presente semelhante. O momento desta publicação não poderia ser mais oportuno.

  2. Trata-se de uma grande escritora, baseada em estudos comprometidos em fatos da realidade.Acompanho seu trabalho a anos, e recomendo e convido a estarem compartilhando desta obra. Vale a pena.

Deixe uma resposta para Má. Graças Araujo Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *