Sindicato dos Jornalistas do DF vai às redações pela contribuição assistencial

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal passará nas redações para recolher junto aos jornalistas a autorização para desconto da “Contribuição Assistencial” na folha de pagamento de setembro. O objetivo é contribuir com os gastos do sindicato na campanha salarial que resultou na Convenção Coletiva de Trabalho assinada em julho.

Essa Contribuição é historicamente descontada após a assinatura da CCT, não só pelo sindicato do Distrito Federal, mas por outros sindicatos de jornalistas, inclusive o de Minas Gerais. Este ano, porém, por imposição das empresas a partir da Reforma Trabalhista, o desconto vai depender de autorização individual.

No caso do SJPDF, os jornalistas poderão optar por um dos três valores de descontos: R$ 80; R$ 100 ou R$ 120, que correspondem respectivamente ao piso salarial, ao piso salarial mais uma hora de prorrogação de jornada e ao piso salarial mais duas horas de prorrogação de jornada ou acima desse valor.

Como enfatiza o SJPDF, a contribuição de sindicalizados e em especial dos não sindicalizados é fundamental para a manutenção da entidade. O antigo imposto sindical obrigatório representava parcela significativa das receitas dos sindicatos, que foram obrigados a cortar drasticamente suas despesas.

O SJPDF, a exemplo do SJPMG, também realiza uma Campanha de Sindicalização. A mensalidade sindical é de R$ 60.

(Veja a íntegra no saite do SJPDF.)

#LutaJornalista

#SindicalizaJornalista

[6/9/18]

Veja também

15 projetos de lei endurecem penas de crimes contra jornalistas no Brasil

Por Júlio Lubianco Num momento de piora da liberdade de imprensa no Brasil, pelo menos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *