Sindicato repudia ataque do Cruzeiro a jornalistas e defende a liberdade de imprensa

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais vem a público repudiar o ataque do Cruzeiro Esporte Clube ao repórter Thiago Fernandes, do Uol Esporte, e à redação do Superesportes, os quais, no exercício do seu dever profissional, divulgaram informações que desagradaram a diretoria do clube. O Sindicato manifesta sua solidariedade aos jornalistas.

A atitude do Cruzeiro de tentar jogar seus torcedores contra jornalistas não é novidade. Tampouco é exclusividade do clube. Em fevereiro deste ano, seu rival chegou ao extremo de proibir a entrada de um repórter na Cidade do Galo.

Atitudes assim expressam desprezo pela liberdade de imprensa e pelo torcedor. Dirigentes de clubes e de entidades têm o dever de prestar contas das suas administrações e é dever dos jornalistas informar o público. Reportagens como as publicadas pelos jornalistas do UOL Esporte e Superesportes não podem ser motivo de censura ou perseguição.

Jornalistas e torcedores merecem respeito.

Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais

17/7/18

#LutaJornalista

#SindicalizaJornalista

 

Veja também

MPT arquiva denúncia da chapa 1 contra eleição do SJPMG

O Ministério Público do Trabalho (MPT) arquivou nesta semana denúncia envolvendo o processo eleitoral para ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *