Influenciadores digitais recusam proposta do governo para defender reforma

Pelo menos 3 usuários do LinkedIn que possuem 1 número alto de seguidores disseram ter sido procurados pelo governo nos últimos dias para defender a reforma da Previdência. Flavia Gamonar (673 mil seguidores), Murillo Leal (255 mil seguidores) e Matheus de Souza (86 mil seguidores) relatam ter declinado a proposta.

“Não me sinto confortável em falar de um assunto que não domino, nem em receber dinheiro público para isso”, disse Flavia ao Poder360. Ela ressaltou que a abordagem do governo foi “natural”.

Considerado o 3º brasileiro mais influente no LinkedIn em 2016, o colunista Matheus Souza também relata o contato do governo federal: “Ontem [6.fev.2018] acordei com um “convite” do Governo Federal para falar (bem) da Reforma da Previdência”. E emenda: “Posso listar uma série de fatores que me fizeram dizer ‘não’.”

(…)

Outro procurado foi Murillo Leal, jornalista e palestrante. “Diziam representar a parte publicitária do governo. Era um “convite” do Governo Federal. Sendo influenciador aqui, queriam que eu escrevesse (positivamente) sobre a reforma da Previdência”, escreveu Murillo na rede social.

(Publicado no Diário do Centro do Mundo.)

[9/2/18]

 

Veja também

Baile Perfumado do Grande Hotel Ronaldo Fraga celebra amor por BH neste sábado 18/8

O Grande Hotel Ronaldo Fraga realiza pela segunda vez nesta sábado 18/8, das 12h às ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *