Hoje em Dia compromete-se a apurar erros no registro do ponto eletrônico

Em reunião de mediação no Ministério do Trabalho realizada nesta segunda-feira 20/11 o jornal Hoje em Dia comprometeu-se a apurar os erros no registro da jornada de trabalho dos jornalistas. A mediação foi pedida pelo Sindicato, após receber inúmeras denúncias de irregularidades no ponto eletrônico. Uma nova mediação foi marcada para o dia 1º de dezembro, quando a empresa deverá apresentar o resultado da sua apuração.

A pedido do Sindicato ficou registrado em ata a suspeita de indícios de fraude no sistema, uma vez que os recibos do ponto estão sendo impressos pelos relógios em períodos em que a empresa aponta a não assinalação.

Nos últimos anos o jornal Hoje em Dia tem um histórico de descumprimento da legislação trabalhista. Em 29 de fevereiro e 1º de março de 2016, 38 jornalistas foram dispensados sem receber pagamento da rescisão e nem o salário do mês. Até hoje o pagamento não foi feito e a ação está na Justiça do Trabalho.

No mês passado, o juiz Marcos Vinícius Barroso, da 12ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte, determinou intervenção na empresa para garantir o pagamento da dívida trabalhista. Os sócios das empresas proprietárias do jornal estão proibidos de praticar quaisquer atos jurídicos em nome delas, sem aprovação judicial, tais como venda das cotas societárias das empresas, que ficarão em indisponibilidade e penhora.

[20/11/17]

Veja também

Sindicato repudia demissão do sindicalista Aloísio Morais pelo jornal Hoje em Dia

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais repudia a demissão do jornalista Aloísio Morais ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *