Agência Lupa realiza curso de ‘fact-cheking’ na Casa do Jornalista no dia 28/10, sábado

A Agência Lupa, ligada à revista Piauí, vai realizar no dia 28 de outubro, sábado, na Casa do Jornalista (Avenida Álvares Cabral, 400, Centro, Belo Horizonte), uma oficina de checagem de informações. As inscrições estão abertas pela internet no endereço http://bit.ly/2g54pRa. As vagas são limitadas a 20 participantes e o preço é de R$ 240 mais uma taxa de R$ 24. A oficina dura seis horas, das 9h às 16h, com intervalo de uma hora para almoço.

A checagem de informações – fact-checking – é uma área de trabalho em expansão, que oferece novas oportunidades de trabalho aos jornalistas. Considerada um diferencial nos principais meios de comunicação do mundo, a habilidade é usada também por grandes empresas para combater a desinformação de forma técnica e ética. Profissionais especializados – fact-checkers – são também requisitados por políticos e partidos, especialmente em campanhas eleitorais.

A Agência Lupa foi a primeira agência de notícias do Brasil a checar, de forma sistemática e contínua, o grau de veracidade das informações que circulam pelo país, com o objetivo de contribuir para aprimorar o debate público.

A oficina promete um mergulho nos oito passos da metodologia de trabalho da agência. O participante aprenderá o que é e o que não é “checável”, acompanhará os bastidores de alguns dos trabalhos de maior repercussão da agência e fará exercícios práticos.

O programa da oficina é o seguinte: 1) origem, desdobramentos e princípios éticos do Fact-Checking; 2) metodologia de checagem; 3) estratégias de publicação; 4) mecanismos para identificar notícias falsas; 5) bancos de dados públicos.

A oficina será ministrada pela jornalista Cristina Tardáguila, criadora e diretora da Agência Lupa. A Lupa emitirá certificado para os participantes. É preciso levar notebook.

[3/10/17]

Veja também

Semana pela Democratização da Comunicação pede avanço para mídia pública em Minas Gerais

Apesar de promessas feitas durante a campanha eleitoral para fortalecime0nto da mídia pública no estado, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *