PQN: Novo jornal de grupo português deve circular em setembro

O grupo português que procurou o Portal PQN – Pão de Queijo Notícias para divulgar o lançamento em breve de um jornal em Belo Horizonte pretende contratar de 100 a 120 jornalistas, num total de 340 funcionários. O maquinário para instalação do parque gráfico já está sendo importado, a sede da empresa será na região central de Belo Horizonte e o novo diário deve começar a circular em setembro.

Estas informações foram passadas ao Sindicato pelo diretor do PQN, Robhson Abreu, que se reuniu na manhã desta quinta-feira 29/6 no Hotel Othon com seis representantes do grupo empresarial português, três homens e três mulheres, entre jornalistas, profissionais de marketing e administração. O porta-voz do grupo é Gonçalo Barradas, que terá o cargo máximo no jornal. Os nomes dos demais não podem ser revelados, segundo Robhson Abreu.

“Fui procurado porque o PQN tem muito acesso em Portugal, é lido por jornalistas mineiros e não é concorrente, como os jornais locais”, explicou. “O PQN não tem ligação com o grupo e não está fazendo recrutamento de pessoal”, acrescentou. Ele contou que o contato foi feito hoje pela manhã e a reunião, que durou aproximadamente duas horas, aconteceu logo em seguida.

Robhson Abreu informa também que o jornal será tabloide, já tem projeto gráfico, terá em torno de 80 páginas e versão na internet. A empresa é dona de jornal e rádio tradicionais em Lisboa, além de portal.

A Lei 10.610, de 20 de dezembro de 2002, estabelece que a participação de capital estrangeiro em empresas jornalísticas não pode exceder a 30% do capital total e do capital votante e somente se dará de forma indireta, por intermédio de pessoa jurídica constituída sob as leis brasileiras e que tenha sede no País.

Segundo Robhson Abreu, os portugueses não estariam associados a nenhum grupo de comunicação brasileiro, nem tampouco à JBS, proprietária da antiga sede do jornal Hoje em Dia. Ele disse que os portugueses não se interessaram pelo imóvel, em função do escândalo que o envolve.

Leia também a notícia publicada pelo PQN: http://zip.net/bttL4H.

[29/6/17]

Veja também

Câmara de Aracaju aprova exigência de diploma para jornalistas no poder público municipal

A Câmara Municipal de Aracaju (SE) aprovou por unanimidade nesta quarta-feira 21/10, em sessão remota ...

2 comentários

  1. Olá, bom dia!
    Como faço para mandar currículo?

  2. “Segundo Robhson Abreu, os portugueses não estariam associados a nenhum grupo de comunicação brasileiro, nem tampouco à JBS, proprietária da antiga sede do jornal Hoje em Dia. Ele disse que os portugueses não se interessaram pelo imóvel, em função do escândalo que o envolve.”

    Putz, extremamente desnecessário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *