Tweed Ride promove encontro de amantes do universo vintage no Grande Hotel Ronaldo Fraga

No próximo dia 30 de abril, às 9h, o Tweed Ride BH, grupo de ciclistas que amam o universo vintage, realiza mais um passeio pela capital mineira. Desta vez o cenário para concentração será um belo e conservado casarão da década de 1920, no coração do bairro Funcionários, a sede criativa e vitrine do estilista Ronaldo Fraga.

A organização do evento promete uma grande viagem no tempo e para isso, os ciclistas que mais capricharem no visual com participarão de sorteios de brindes dos apoiadores. Também haverá um brunch anos 20, pocket show com a banda Faca Amolada, apresentação de dança do grupo Be Hoppers, exposição de objetos antigos patrocinado pelo MOVA, Museu de Objetos e Veículos Antigos, e encerramento com um sarau em homenagem ao poeta Carlos Drummond de Andrade.

BH Retrô

O Tweed Ride BH se uniu a movimentos e personalidades que promovem a cultura vintage na cidade. Os Be Hoppers grupo de dançarinos que divulgam um estilo de dança do século passado; o Lindy Hop; O MOVA – Museu de Objetos e Veículos Antigos, um complexo cultural que celebra também o passado; e o Grande Hotel Ronaldo Fraga, que por meio da moda e arquitetura valoriza a cultura vintage, em uma casa dos anos 1920 com moda, gastronomia, arte e estética.

O BH Retrô será a primeira reunião e encontro de públicos que já acompanham os movimentos vintage da cidade, além de atrair adeptos dispersos dessa cultura. “Por cultura vintage nós do coletivo Belô Retrô entendemos que se refere ao zelo pelo que é antiguinho”, declara Gil Sotero, jornalista e coprodutor do Tweed Ride BH. Para ele, a cultura vintage tem se fortalecido nos últimos anos. “O vintage é fonte de inspiração para a perceptível cultura slow live que tem crescido em vários âmbitos alternativos. A memória afetiva faz parte do universo do estilista Ronaldo Fraga. “O perfume retrô faz parte do meu trabalho e da minha vida há 20 anos. Desde adolescente gosto de ser antigo. Sou movido pela memória. Verdadeira ou inventada. Escapar para outros tempos, a princípios mais amorosos e elegantes, me alimenta para desenhar o futuro. Este encontro é antes de tudo uma forma de abraçar afetuosamente a cidade e o espaço público, nesses tempos áridos que estamos vivendo” declara Ronaldo.

Tweed Ride BH

Nascido em 2009 em Londres, quando um grupo de ciclistas resolveram pedalar resgatando vestimentas de inverno dos anos 20, 30 e 40, entre eles o tweed, um tecido de lã utilizado em estações frias, o passeio batizado de Tweed Ride ou Tweed Run ganhou o mundo com a mesma mensagem: a bicicleta é uma forma elegante de se deslocar pela cidade.

Em Belo Horizonte a primeira edição foi realizada em 2013. A adesão ao passeio se dá pela principal característica do evento; Não é preciso ser um atleta para participar – ”Ao longo da história do Tweed Ride BH, percebe-se o carinho com que os ciclistas têm recebido durante o passeio no qual vemos um número crescente de participantes a cada edição.”, declara Renata Aiala. O Tweed também resgata hábitos perdidos: “Nossos avós usavam a bicicleta e todos se conheciam nos bairros. O Tweed promove isso: a relação com a cidade algo que foi perdido com a cultura do carro e dos shopping centers. Nós do Tweed queremos parques, praça, museus, tudo que promova o uso da bicicleta. Bike é cultura e está renascendo em varias cidades pelo mundo”, completa Sotero.

Serviço

Tweed Ride Edição Outono 2017 – Brunch Drummondiano – BH Retrô.
Data: 30 de abril, domingo, 9h
Endereço: Rua Ceará, 1205, Funcionários
Evento no facebook: https://www.facebook.com/events/263443174104060/

Assessoria: Nívia Machado, 55 31 9-8717-5831.

(Foto Uplson, primeiro passeio Tweed Ride BH, em 2013.)

[20/4/17]

Veja também

Tribunal considera WikiLeaks um meio de comunicação social

Um tribunal britânico que avalia casos sobre liberdade de informação classificou, em sentença, o portal ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *