Sindicato lamenta o falecimento do jornalista Carlos Chagas

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais lamenta o falecimento do jornalista mineiro Carlos Chagas, ocorrido nesta quarta-feira 26/4, de um aneurisma do coração. Ele nasceu em Três Pontas e morava em Brasília. Completaria 80 anos no próximo dia 20 de maio.

Pai da jornalista Helena Chagas, ex-ministra-chefe da Secretaria de Comunicação da presidenta Dilma, Carlos Chagas também foi secretário de Comunicação do presidente da ditadura general Costa e Silva. Destacou-se como repórter e analista político em jornais de circulação nacional e emissoras de televisão.

O velório do jornalista será na capela 7 do cemitério Campo da Esperança da Asa Sul, em Brasília, e o sepultamento às 16h desta quinta-feira 27.

[26/4/17]

Veja também

Câmara de Aracaju aprova exigência de diploma para jornalistas no poder público municipal

A Câmara Municipal de Aracaju (SE) aprovou por unanimidade nesta quarta-feira 21/10, em sessão remota ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *