Sindicato convoca jornalistas a se manifestarem contra a reforma da previdência nesta quarta 15/3

O Sindicato dos Jornalistas convoca a categoria a se unirem aos demais trabalhadores brasileiros e se manifestarem nesta quarta-feira, 15 de março, contra as reformas da previdência e da legislação trabalhista. Em Belo Horizonte, a manifestação acontecerá na Praça 7, a partir das 10h.

O Sindicato sugere também manifestações nas redações para mostrar a oposição da categoria à reforma da previdência proposta pelo governo Temer, pela qual o trabalhador terá de contribuir durante 49 anos e começar a trabalhar aos 16, para se aposentar com o benefício integral, aos 65 anos.

“Essas reformas vão impactar diretamente o futuro dos trabalhadores brasileiros”, criticou o diretor de Comunicação do Sindicato, Gil Sotero. “Os jornalistas já estão sofrendo com a falta de postos de trabalho e a situação vai ficar ainda pior se a reforma da previdência for aprovada. O direito à aposentadoria ficará ameaçado”, acrescentou.

Ele denuncia a gravidade da mudança proposta pelo governo golpista. “Temos de lutar constra a aprovação dessa proposta que vai acabar com o sonho de muitos jornalistas que estão prestes a se aposentar. Os mais jovens levarão muito mais tempo para aposentar”, disse.

Gil Sotero defende a mobilização geral dos trabalhadores contra as reformas da previdência e trabalhista. “Eu estarei nas ruas nesta quarta-feira contra as reformas, defendendo o meu futuro e o futuro dos jornalistas”, disse.

[14/3/17]

Veja também

Em defesa da vida, da vacina para todos e da liberdade expressão e de imprensa, Jornalistas de Minas conclamam: Fora Bolsonaro!

No próximo sábado, dia 3 de julho, centenas de organizações, movimentos, entidades e pessoas irão ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *